Futebol feminino em Minas gerais: Saiba sobre times e seus títulos

Futebol feminino em Minas gerais: Saiba sobre times e seus títulos

Primeiramente, assim com essa onda de empoderamento feminino nos últimos anos, as mulheres conseguiram ter mais espaço especialmente no futebol.

Entretanto, em síntese ainda é um ambiente considerado por muitos “tão masculino”, mas esporte.

Portanto não possui primordialmente orientação de gênero definitivamente não é mesmo?

Mas, Futebol é para todas e todos, ou seja da comissão técnica até atleta, futebol é para quem é apaixonado pelo esporte, principalmente..

Porém, não fique triste, atualmente o futebol de mulheres tem chamado atenção e ganhou destaque em alguns meios midiáticos e mesas de discussão.

Sobretudo, o Campeonato Mineiro de Futebol Feminino é uma competição de futebol realizada pela Federação Mineira de Futebol.

Os times de futebol feminino de Minas Gerais são:

  1. Manchester
  2. Bahia
  3. Internacional
  4. Neves
  5. Bola de Fogo
  6. Nacional
  7. Atlético
  8. América
  9. Ipatinga
  10. Real
  11. São João Batista
  12. Pérolas
  13. Iguaçu
  14. Prointer
  15. Panteras
  16. Frigoarnaldo
  17. Juventude
  18. Ferroviária
  19. Asas Lagoa Santa
  20. Santa Cruz
  21. Itacolomi
  22. União
  23. Boa Esperança
  24. Benfica
  25. Tupinambás
  26. Coritiba
  27. Garra
  28. Carlense
  29. Pampulha
  30. Athletic-SJDR
  31. América
  32. Viçosa EL
  33. Santa Izabel
  34. Sol Nascente
  35. Comercial
  36. MHM
  37. Betis
  38. Real
  39. Viçosa

Títulos:

  • Atlético Mineiro – Com 5 Títulos
  • América Mineiro – Com 3 Títulos
  • Iguaçu – Com 1 Títulos
  • Ipatinga – Com 1 Títulos
  • Tupinambás – Com 1 Títulos
  • Nacional do Carmo Com 1 Títulos
  • Neves F.C.- Com 1 Título
  • Santa Cruz – Com 1 Título
  • Cruzeiro – Com 1 Título
  • Garra- Com 1 Títulos
  • A.A. Bahia – Com 1 Título
  • União – Com 1 Título
  • Frigoarnaldo – Com 1 Título

Futebol feminino em Minas gerais: Saiba sobre times e seus títulos

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.