Coronavírus: Museus garantem visitação virtual gratuita.

Coronavírus: Os museus garantem visitação virtual gratuita

Primeiramente a visitação virtual e gratuita a museus, galerias e bibliotecas públicas de todo o mundo.

Afinal são boas opções para passar esse período delicado de confinamento em decorrência do coronavírus, definitivamente. Confira!

  • Alguns museus do Vaticano, ainda mais contam com parte de seu acervo estão liberados on-line.
  • A Galeria Uffizi, em Florença, ademais conta com dicas de seus curadores para visitação virtual de parte de suas coleções.
  • O Museu Arqueológico de Atenas apresenta parte de sua coleção, com fotos e descrições, através de seu site.
  • O Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS) aliás também conta com um acervo virtual que traz informações sobre os itens que compõe os acervos museológico e bibliográfico do museu.
  • Museu do Prado, em Madri, igualmente conta com uma página especial para explorar suas coleções.
  • O Museu do Louvre, em Paris, apesar de estar fechado por tempo indeterminado, porém conta com uma visitação virtual em suas salas e galerias.
  • Além da possibilidade de acompanhar as coleções, a página do Museu Britânico também traz uma loja virtual que permite a compra de réplicas de algumas obras, dentre outros objetos.
  • Com o seu fechamento, o Museu Metropolitano de Nova York convidou seus visitantes para a experiência do museu online.
  • A Galeria Nacional de Arte, em Washington, conta com um tour virtual em vídeo com as exposições atuais.
  • O Museu Casa de Portinari, em Brodowski, São Paulo, tem um tour virtual do espaço em seu site
  • A Pinacoteca de São Paulo traz conteúdos digitais diários para manter a conexão com o público, promovendo informações sobre a coleção e revisitando exposições

Coronavírus: Museus garantem visitação virtual gratuita.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.