Batatas fritas perfeitas

Batatas fritas perfeitas. Quer fazer a batata frita perfeita da sua lanchonete de fast-food? Sim… longa e fina, toda crocante e borbulhante por fora, macia e leve por dentro. 

Afinal, definitivamente e ao mesmo tempo tudo se resume à engenharia reversa dos alevinos do McDonald’s.
Dessa forma. Eventualmente você vai precisar de:

Ingredientes

Batatas fritas perfeitas
  • 4 batatas grandes, descascadas e cortadas em palitos (mantenha os palitos de batata crua submersos em uma tigela de água após o corte)
  • 2 colheres de sopa (30 ml) de vinagre branco destilado
  • Sal
  • 2 litros de óleo de amendoim ou canola (é… esse é o segredo… )

Batatas fritas perfeitas. Modo de preparo

Primeiramente, antes de mais nada, coloque as batatas e o vinagre em uma panela e adicione 2 litros de água e 2 colheres de sopa de sal ao mesmo tempo.

Deixe ferver em fogo alto. Ferva por 10 minutos. As batatas devem estar totalmente macias, mas não desmoronando. Escorra e espalhe sobre uma assadeira forrada com papel toalha. Deixe secar por 5 minutos.

Enquanto isso, aqueça o óleo em um forno grande em fogo alto até 204 ° C. Adicione um terço das batatas fritas ao óleo; a temperatura do óleo deve cair para cerca de 182 ° C (é.. no olhometro).

Cozinhe por 50 segundos, agitando ocasionalmente com uma colher de malha de arame e remova para uma segunda assadeira forrada com papel toalha.

Repita com as batatas restantes, permitindo que o óleo retorne a 200 ° C após cada adição. Deixe as batatas esfriarem até a temperatura ambiente, cerca de 30 minutos.

Retorne o óleo a 200 ° C em fogo alto. Frite metade das batatas até ficarem douradas crocantes e claras, cerca de 3 1/2 minutos, ajustando o calor para manter uma temperatura de cerca de 180 ° C​​°.

Escorra em uma tigela forrada com papel toalha e tempere imediatamente com sal. As batatas fritas cozidas podem ser mantidas quentes e crocantes em uma bandeja em um forno a 90 ° C enquanto o segundo lote é cozido. Sirva imediatamente.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Gastronomia