Podcast: Solidão, uma alternativa superior de comunicação

Podcast: Solidão, uma alternativa superior de comunicação

Comece agora, ouvindo-o, a entender o poder da solidão: segue abaixo.

Com que olhar você pode ver o mundo?

Primeiramente você não esta aqui por acaso. Nessa vida estamos apenas de passagem. Podcasts recheados de conteúdos.

Sendo assim você é um espírito ocupando um corpo, mas não um corpo ocupando um espírito.

Entretanto há um propósito maior na existência humana.

No entanto, a maioria de nós não tem consciência disso. Perdemos a dimensão espiritual da vida, na mesquinhez do dia a dia.

Igualmente não aproveitamos cada minuto de nossa existência como
deveríamos.

Em vez disso, a deixamos escorrer pelos nossos dedos, enquanto estamos
preocupados com coisas absolutamente sem importância.

As pessoas passam, portanto, a ter cada vez menos sentido. A agenda está sempre cheia.

Mas, quase sempre, o vaivém não passa de um movimento sem significado. As pessoas vivem enredadas em afazeres sem significado.

Porém ao final do dia, do mês, do ano, (da vida?), têm a sensação de que isso não as levou a lugar algum.

Por isso, não ponha mais dias em sua vida. Ponha mais vida em seus dias!

Assim eu pergunto a você? Sabe qual é a sua missão nesse mundo? Já parou para pensar se está no caminho da evolução, ou se estagnou na estrada?

Alguma vez já olhou para dentro de si e se perguntou o que esta fazendo nesse planeta? Ou vai deixar com que o curso das águas defina o seu?

Precisamos entender, que o ouro se esconde sob as camadas de barro que a vida foi depositando sobre o seu ser, e deixar esse ouro banhá-lo com sua luz.

Talentos e virtudes há, para realizar coisas extraordinárias. Mas é preciso buscá-los dentro de nós.

Precisamos buscar a nossa vocação, que vem do vocare (Latim), que significa chamado. Entretanto, mesmo que ela esteja enterrada no mais profundo do nosso ser. Busque-a.

Por analogia, como disse Santo Agostinho: – “Ninguém faz bem o que faz contra a vontade, mesmo que seja bom o que faz”

Dessa forma, José Cândido estará aqui, de agora em diante, doando sua mais nobre vocação: o dom de ensinar e compartilhar sabedoria.

Inegavelmente com a missão de ajudar o próximo. Pois antes de mais nada, Sobra-lhe, amor para tal.

Assim como, olhar e fazer a verdadeira leitura do mundo.

Vocês e o os seus, terão a oportunidade de encontrar sua vocação, o seu chamado e suas maiores virtudes. Pois meu caro, elas estão dentro de você.

Sobre José Cândido – o Padre Cândido:

Primeiramente nascido em Santa Maria de Itabira, fez os estudos iniciais na própria terra natal e no Seminário orionita em Belo Horizonte.

Em seguida continuou seus estudos de segundo grau em São Paulo e Santa Catarina. Graduou-se em filosofia e teologia no Instituto de Filosofia e Teologia na Universidade Católica de Minas Gerais.

Além disso, foi ordenado presbítero na Terra Natal e posteriormente fez o Mestrado em Teologia no hoje denominado FAJE:

Instituto Internacional e Superior de Teologia dos jesuítas em Belo Horizonte.

Posteriormente fez cursos esporádicos de aperfeiçoamento em Teologia no
Instituto Católico de Paris. Foi assessor da CNBB em Liturgia e Música Sacra.

Em seguida foi Diretor de Comunicação da Rede Catedral de Comunicação da Arquidiocese de Belo Horizonte.

Apresentador de Programas de Evangelização em rádio e televisão.

Professor em várias Escolas de Teologia e Vigário Episcopal para Comunicação e Cultura para Arquidiocese de Belo Horizonte.

Compositor de dezenas de músicas litúrgicas é atualmente pároco na Paróquia São Sebastião, no Barro Preto, em Belo Horizonte. Atualmente com 73 anos bem vividos!

Compositor do Hino Da Jornada Mundial da Juventude do Rio de Janeiro – 2013. – Letra e Música

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.