Como aumentar a imunidade com alimentação

Vamos falar sobre saúde e as defesas do organismo. Em tempos de crise na saúde, você já se perguntou como aumentar a sua imunidade com alimentação?

O mundo está vivendo uma pandemia do coronavírus. Sabe-se que nenhuma cura ou vacina foi descoberta, entretanto, além dos cuidados com a higienização, que tal apostar em cuidados com a sua alimentação para melhorar a sua proteção.

Com uma rotina cada vez mais corrida, muita gente esquece de investir em um estilo de vida mais saudável. Portanto, para mudar esse quadro, adotar a prática regular de atividade física e uma alimentação balanceada são opções que dependem apenas de você.

Em tempos de pandemia, é de extrema importância aumentar a imunidade e evitar aqueles resfriados típicos ou ainda a sensação constante de cansaço.

Atenção: de acordo com o Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde, nenhum alimento ou vitamina tem potencial de cura do coronavírus.

Contudo, alguns alimentos contribuem para deixar as resistências do organismo mais fortes. Saiba quais são eles:

Alimentos que contribuem para aumentar a imunidade

Vitamina C natural: presente nas frutas cítricas, como laranja, acerola, limão, tangerina e kiwi ela é um excelente antioxidante.

Além das frutas, os vegetais verde-escuro são benéficos para o sistema imunológico, pois são ricas em vitaminas e minerais. Ademais, algumas folhas auxiliam no funcionamento do intestino.

Kombucha: diversos estudos apontam bebidas probióticos como grandes aliados da imunidade. A kombucha, um alimento milenar, é um deles. Ele promove e regula o crescimento da microbiota das mucosas.

A bebida deve ser consumida de maneira regular para que os probióticos façam o efeito. Dessa forma, a Khappy Kombucha é uma opção para quem deseja dar um up na saúde, são diversos sabores que aliam bem-estar, capacidade de desintoxicação e produção de energia ao organismo.

Gengibre: além o sabor marcante, o gengibre é um poderoso anti-inflamatório e antioxidante, bem como contém vitamina C e B6.

Inhame: ele ajuda na limpeza do sangue e fortalece os gânglios linfáticos.

Chás: dizem que eles aquecem o coração, pode ser apenas um ditado, mas uma caneca de chá, é uma porção de cuidado com o corpo também. Maça com canela, hortelã, chá verde, hibisco, gengibre, romã e cúrcuma e camomila são algumas opções. Os benefícios incluem: melhora do sistema digestivo, combate a ansiedade, insônia e as bactérias ruins.

Coma bem, durma bem, faça o bem

Uma dieta balanceada e uma boa noite de sono são aliados para aumentar a imunidade. Estudos recentes apontam que uma noite mal dormida ajuda na produção de substâncias, como o cortisol.

Sendo assim, aproveite esse período de isolamento social para avaliar a rotina, veja quais hábitos podem e devem ser mudados em nome da saúde, como dormir bem. Comece a praticar exercícios dentro de casa, é possível se exercitar mesmo em espaços pequenos.

Imunidade com alimentação

A sua mente também precisa de cuidados. Com a reclusão social, muitas pessoas perdem o equilíbrio emocional. Aposte em meditação, oração e conecte-se com o espiritual para descansar do turbilhão de informações.

Vale lembrar que em tempos de pandemia, exercitar o amor ao próximo é uma forma de transbordar imunidade do coração. Descubra como você pode colaborar para o bem coletivo, afinal tem sempre alguém precisando de afeto e atenção.

Para saber mais sobre o Khappy Kombucha clique aqui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.