Minimalismo: 20 coisas que você não precisa mais ter na vida

Minimalismo: 20 coisas que você não precisa mais ter na vida

Chega uma hora na vida em que pensamos e repensamos muitas coisas, sejam os hábitos ou até mesmo o que consumimos. Com isso, os itens e comportamentos que entram no nosso mundo passam a não ser mais tão importantes na lista de prioridades.

Em outras palavras, a maturidade pede simplicidade. Dessa forma, o que parecia sensacional na adolescência e nos 20 e poucos anos começam a perder o entusiasmo de antes.

O que está por trás dessa mudança?

Primeiramente, a forma que passamos a enxergar a nossa relação com as pessoas, os objetos e a natureza exercem um grande impacto nisso tudo. Afinal, somos indivíduos em constante evolução e aprendizado. Seja como for, cada pessoa tem um processo de amadurecimento à visão de mundo.

Com efeito, há quem tenha adotado meios alternativos de locomoção, mudado o estilo de roupa, diminuído a quantidade de eletrodomésticos. Enfim, o essencial. Cada pessoa tem uma motivação específica. A maioria delas influenciada pelo minimalismo.

O que é ser minimalista?

Em primeiro lugar, ser minimalista é priorizar o tempo, a liberdade e o bolso. Em outras palavras, quem adota o minimalismo tem o objetivo de se desvencilhar do consumismo e do estado de dependência que ele causa.

Dessa forma, o que não entra na categoria de bens essenciais está fora. Ou seja, para que tantos frascos de perfume ou dois conjuntos de sofá diferentes na mesma casa? Portanto, a velha máxima responsável por pregar que o ‘menos é mais’ nunca foi tão oportuna.

Quais são as 20 coisas que você não precisa mais ter na vida?

Telefone fixo;

Tábua de passar roupa;

Closet/armário cheio de roupas;

Diversidade de perfumes e cremes;

Jogo de xícaras;

Jogo de sobremesa;

Faqueiros;

Tapetes em todos os ambientes;

Carros;

Coleção de acessórios (relógio, óculos de sol);

Quadros pela casa;

Estante cheia de livros (já lidos);

Cortinas;

Pacote de TV por assinatura;

Capas diferentes para celular;

Jarro de plantas artificiais;

Panela elétrica;

Processador de alimentos;

Cafeteira;

Home theater;

Por fim, vale ressaltar que os itens citados acima podem ter muita utilidade ainda para muitas pessoas. O que importa no minimalismo é abrir mão daquilo que não é essencial em sua vida. E fala sério tem coisa de mais… Bora desapegar.

Minimalismo: 20 coisas que você não precisa mais ter na vida

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.