Dia das mães. @porlucasmachado

Dia das mães é bom para os restaurantes, mas abaixo das expectativas, diz Abrasel

Dia das mães é bom para os restaurantes

A consulta realizada nos bares e restaurantes revelou que, para a maioria deles, houve um crescimento entre 5% e 10% em comparação com o mesmo período do ano passado.

No entanto, é importante ressaltar que o Dia das Mães proporcionou algum alívio financeiro para esses estabelecimentos, evidenciando a falta de recursos no bolso dos consumidores.

Ao serem questionados, os empresários das principais capitais do país relataram um aumento de 5% a 10%.

Isso no faturamento em relação à mesma data do ano passado e um acréscimo de 30% a 50% quando comparado a um domingo comum.

De acordo com Paulo Solmucci, presidente-executivo da Abrasel, embora tenha havido um crescimento nas vendas em relação ao ano anterior.

Mas esse resultado ficou um pouco abaixo das expectativas estabelecidas pelos empresários do setor.

A percepção atual é de que os consumidores estão controlando seus gastos, mesmo durante ocasiões festivas. No entanto, é encorajador observar que, em comparação a um domingo típico, os estabelecimentos apresentaram um desempenho positivo.

Uma pesquisa recente realizada pela Abrasel revelou que mais de um quarto dos estabelecimentos ainda opera com prejuízo, principalmente devido a dívidas acumuladas e dificuldades em repassar o aumento da inflação para os preços.

Os meses de maio, com o Dia das Mães, e junho, com o Dia dos Namorados, geralmente trazem um aumento nas vendas. Com a celebração do Dia dos Namorados caindo em uma segunda-feira este ano, há uma oportunidade de prolongar os bons resultados do fim de semana e lotar os bares e restaurantes em um dia atípico, o que é excelente para o setor, segundo Solmucci.

Lucas Machado instagram

Lucas Machado LinkedIn

Sobre Lucas Machado

Advertisement

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.