Dia 21 Casa da Insanidade Mental homenageia o esporte com trajes de malhação

Dia 22 Casa da Insanidade Mental

A festa em si pressupõe a transcendência, no momento em que você se desprende de determinados valores e busca alcançar a alegria. Simplesmente se divertindo.

Primeiramente essa casa, começou em festa e a sua história em Tiradentes – Minas Gerais com as baladas mais tradicionais em todos os eventos da cidade histórica das geares.

Tanto festivais de cinema quanto de gastronomia a casa vira a noite todos os dias aos sons de diversos Dj’s e bandas convidadas, incendiando a cidade de alegria e amor.

Observadora, apolítica porém democrática e espontânea, naturalmente foi modelando sua visão de conjunto a partir de seu microuniverso. Com dedicação, Dudu- Dyowzinho fez crescer a História canalizando tanto para os seus eventos quanto para as relações com os insanos de plantão.

Passou a ser considerada pelos mais influentes interlocutores dos segmentos da arte e cultura. Com essa chancela, conseguiu atingir popularidade junto às audiências mais qualificadas.

A Insanidade Mental, instiga, cutuca , provoca reflexões e promove constantemente intercâmbios culturais, entre artistas mostrando que as artes convergem, ultrapassam fronteiras e podem pertencer a todas as idades e classes sociais.

Assim os insanos desta vez vão poder pirar nas fantasias uma marca registrada dos eventos da Casa da Insanidade Mental pois o tema e esporte, ai vai da sua imaginação e criatividade.

Dessa vez ficou fácil escolher seu figurino de esporte

Você pode ir de jogador de futebol, tenista, jogador de vôlei, basquete, rugby, basebol, pode ir direto do beach tênis. O lance e se produzir e ir curtir com a galera.

E mais.. roupa da academia, de patins, de skate, de escalada, rapel, arvorismo ou até mesmo de roupa de natação.

Para essa Insanidade, convidamos o papito SUPLA que vem com um show cheio de clássicos do rock, o ARNALDO BRANDAO do HANOI HANOI, a melhor banda de THE CURE cover do Brasil que tocara os clássicos da banda. Para sacudir os insanos ainda teremos o MOTOCA E OS ACELERADOS e para incendiar a pista nosso querido LELE RALLO.

Dia 22 Casa da Insanidade Mental

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.