Recortes do futebol em 2021

Recortes do futebol em 2021

Para aqueles que gostam de futebol a falta de competições foi um martírio. Para os “alienados da bola” apenas um dos trabalhos que se “aquietou” em home office. Então vamos hoje falar um pouco de todo processo. Como se caminhou durante este 1 ano e 6 meses do isolamento ao retorno do esporte com o público.

Quando foi deflagrada a pandemia na China, havia muita especulação e desserviço à comunidade. Fake News e pânico. Ninguém conhecia nada sobre o coronavírus que migrava dia após dia pelos continentes.

Isolamento Social

E em março de 2020 o vírus é identificado em Minas Gerais e se expande no nosso país. Mas quando foi decretado o isolamento social completo. Encerram-se as atividades esportivas. Assim, todos os jogadores regressam para suas casas em 15 de março e aguardam por novas informações.

Nós médicos do futebol, ávidos por referências técnicas, iniciamos uma batalha pelo inimigo oculto. Foram várias conferências, webinares, reuniões científicas para propor possibilidades de seguirmos em nossa profissão.

Mediante o exposto, muitos clubes propuseram treinos virtuais à suas equipes e aos poucos fomos criando protocolos de retorno. Estes protocolos dos clubes foram apresentados à CBF, FMF e órgãos de saúde municipais, estaduais e federais para que se permitisse o retorno presencial das atividades.

Dessa forma, iniciamos após 60 dias com testes de covid-19 e isolamento de sintomáticos, dos casos suspeitos. Atividades em grupos reduzidos, divididos em turnos. Fluxo de entrada no CT. Atletas vinham com as roupas de treino, sem uso dos vestiários.

Higienização

Distribuição de kits lanche, águas individualizadas em copinhos. Higienização de tudo com álcool gel 70%. Uso de máscara. Trabalhos em áreas externas. E assim foram aproximadamente 2 meses. E fomos ganhando confiança nos cuidados.

Participamos sobretudo de reuniões com Dr. Pagura, presidente da comissão nacional de médicos da CBF e toda sua equipe. Também nos reunimos com membros da FMF, SMS, SES até que houve a liberação pelos órgãos públicos de retorno aos jogos. Passo importantíssimo!

O futebol alimenta muitas famílias da nossa sociedade. Conforme dados da conmebol aproximadamente 270 milhões de pessoas, cerca de 4% da população mundial participa ativamente no futebol, entre jogadores e jogadoras, árbitros e funcionários.

Além disso, para muitos o retorno do futebol parecia absurdo entre tantos mortos. Por isso tem que ser um fator relevante, não podemos julgar a dor de cada um e muito menos subestimar o vírus que parou o mundo. O que fizemos enquanto pessoas envolvidas com a saúde foi buscar conhecimento científico e trabalhar em cada detalhe para garantirmos a integridade de todos os envolvidos direta ou indiretamente.

Ambiente Seguro

E hoje, com o encerramento do ano futebol, afirmamos com convicção e dados que o futebol foi um ambiente seguro.

Realizamos em todo país mais de 100000 testes de covid nas temporadas 2020 e 2021 em todo país, além de monitoramento de todos os atletas e comissão técnica que disputaram partidas oficiais pelas federações estaduais e nacionais, em todas as categorias.

Vacinação

Enfim, apesar da alta transmissibilidade e óbitos pelo covid, raros foram os casos de gravidade entre os atletas contaminados pelo vírus durante todo este período. E todo o serviço médico prestado à população foi efetivo. Seja bem-vinda à vacinação! Seja bem-vinda à ciência em prol da população!

Portanto, quais lições podemos divulgar neste ano festivo do futebol mineiro: que o futebol alimenta a alma; ao mesmo tempo cuida de milhões de pessoas dentro e fora dos gramados; que a atividade física regular protege; que o sedentarismo é muito perigoso para o indivíduo, com altas taxas de mortalidade por covid-19 e outras doenças; e que a vida é como um jogo de futebol, cada lance pode definir sua trajetória.

Então, grite, pule, vibre, seja grato, aproveite cada minuto da sua jornada! Vista a camisa do seu time do coração, coloque sua chuteira, cuide-se, agarre as bolas que a vida lançar para você, drible as adversidades e grite GOLLLLLLL!!!!

Recortes do futebol em 2021

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.