Recupere seu estado natural e sentimental

Desde que chegamos a este mundo nossa natureza sempre foi de alegria e amor , porém ao longo do tempo a jornada nos requisitou em todas as fases da vida, a termos de lidar com as nossas emoções positivas e negativas. Desde a escola, a família, no trabalho e em todas as áreas da vida onde estamos constantemente nos relacionando e interagindo.

GESTÃO DAS EMOÇÕES

Gerenciar, administrar emoções é uma habilidade, que pode ser desenvolvida e está dentro da linha da psicologia, do autoconhecimento, das neurociências das terapias integrativas, dentre outras mais.

Por analogia toda a busca neste aspecto, entenda-se na tentativa de requerer voltar ao estado natural de saúde mental e emocional antes de tudo o que nos aconteceu até aqui. Dessa forma, a quem interessa estudar seu próprio comportamento, é necessário a observação de suas reações diante dos estímulos que recebemos constantemente do interno e do externo. Para isso é necessário tempo e dedicação.

OBSERVAÇÃO É A CHAVE

A observação é a chave para extrair as reações da mente, do corpo e os pensamentos. Em seguida, observa-se os sentimentos e emoções que surgem com os estímulos gerados por determinadas situações que apresentam-se diante de nós. Esse é o ponto de partida. Reatividade ou aceitação? As ferramentas de investigação são diversas. Sugiro meditação, estudo e todo o tipo de terapia.

GESTÃO DE ESTÍMULOS

Após a observação e extraídas as reações e comportamentos, as emoções identificadas das quais as vibrações são parecidas, encontram-se quase sempre numa mesma escala vibracional. Exemplo, amor e alegria, medo e culpa. O momento adequado da extração é quando estiver tendo uma forte emoção, se perguntar por que está sentindo e já identifica-la.

EQUAÇÃO PSICOLÓGICA, O EFEITO DOMINÓ

Alguns de nossos resultados e de nossas reações podem estar atrelados (as) à mecanismos que ligam sentimentos e emoções de uma mesma escala vibracional podendo nos levar a um efeito dominó. Vou dar um exemplo de uma equação psicológica real de uma pessoa que se sente vítima, conecta com a fonte da desvalorização, acessa a escassez vibra na ( carência / falta ) porque se sente na qualidade de ter ou ser menos que o outro, pluga no medo da não aceitação, acaba evitando falar o que sente para evitar o confronto a fim de não se indispor, aí se diminui, cai na escala emocional, o corpo sente a agressão e pode ficar doente. Vibrou na baixa escala emocional, aí opta por tomar decisões que facilitam o processo sem curar a causa raiz, perde a autoconfiança e aí já virou um tipo de efeito dominó. Existem vários, citei apenas um.

A DOENÇA E A ESCASSEZ PODEM SER UMA EXTENSÃO DE EMOÇÕES NEGATIVAS

A dor física e a escassez podem ser uma extensão de emoções negativas ligadas a mecanismos coligados gerados por estímulos, onde podemos ter perdas, de dinheiro, de objetos, e de coisas que nem sempre são materiais. Tal qual pode se perder a saúde. Como exemplo, falo de dinheiro porque dinheiro também é uma forma de energia e quando perdemos parte de nossa energia vital nata, que é rica , próspera e abundante, deixamos de estar no ponto de ter saúde plena e sermos geradores de dinheiro e recupere seu estado emocional.

NO ESTADO NATURAL

No estado natural somos prósperos, saudáveis, alegres, amorosos e abundantes.

Somos a imagem e semelhança do criador. Portanto nosso trabalho em reconhecer os mecanismos, os estímulos que nos levam a ter efeitos dominós negativos em algumas fases de nossas vidas, e que as vezes se repetem, após anos nos traz mais entendimento e habilidade de gerirmos isso de forma consciente. Bem como nos habilita a direcionar nossa vida para um estado mais equilibrado e natural de saúde em todos os aspectos. De igual maneira, é sabido por estudos científicos que agimos muito mais pelas emoções ao longo da vida. Portanto o importante é estarmos cientes da existência das emoções individuais negativas que moldam nosso sistema a fim de minimizar seus impactos e potencializar mais os efeitos dominós positivos em nossas vidas.

Agora que estamos sedentos de mais amor no mundo, começar a reforma íntima é uma dádiva e ser um bom gerente de si mesmo, nunca foi tão fundamental ,como na “Era Covidiana”.

Se fez sentido pra você, se gostou do texto, siga o Instagram @kedma.ingrid
Acesse o site Kedmaingrid.com.br e conheça um pouco mais sobre a terapia de Alinhamento e meu Projeto “Você no Centro”.

Até a próxima,

Kedma Ingrid

RECUPERE SEU ESTADO NATURAL

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments