Flávia Prado Rocha confira dicas da Nutricionista

Flávia Prado Rocha confira dicas da Nutricionista

Flávia Rocha Prado confira dicas da Nutricionista

Flávia Prado Rocha por Lucas Machado

“Eu quero ser tudo que sou capaz de me tornar” Dra. Flávia Rocha Prado

Primeiramente em algum momento da sua vida todo mundo já divagou em torno de algumas perguntas básicas. Por que será que eu estou tão ansioso? Ou, por que não consigo dormir direito? Acho que estou com depressão. Ou até mesmo, sinto dores na barriga direto. Não sei o que está acontecendo, minha cabeça não para de doer.

Enfim, para todas essas perguntas uma das respostas é: Alimentação.

Assim, desta forma, achamos muito importante trazer profissionais da saúde para falar um pouco do seu lifestyle e além disso, nos dar dicas importantes de como se alimentar de maneira correta. Afinal alimentação é um fator determinante para nossa saúde.

Conversamos coma a Dra. Flávia Prado Rocha, 45 anos. Nascida em Divinópolis ela é graduada em Nutrição pela UFOP e Pós-graduada em Nutrição Humana e Saúde pela UFLA, em Dietoterapia pela UFV, Capacitação em Obesidade – Prevenção e Tratamento pelo Colégio Oficial de Médicos de Barcelona e Mestra em Gestão em Saúde pela UFSJ. Atualmente, doutoranda em psicologia pela UFJF, com ênfase em obesidade.

Uma das maiores autoridades da nutrição de Minas Gerais nos deu a honra de nos ceder a seguintes dicas que vocês irão ler abaixo;

Um breve da sua carreira profissional?

“Atuo nestes 21 anos desde a graduação, sobretudo com atendimentos individuais e personalizados, buscando sempre a reeducação alimentar, o emagrecimento, o acompanhamento de gestantes e pessoas com problemas de saúde, tais como a diabetes, hipertensão, cardiopatias, insuficiência renal, dentre outros.

Há vários anos, tenho desenvolvido também um trabalho muito especial, com uma metodologia técnica já bastante comprovada e validada por milhares de pessoas, para o acompanhamento e tratamento da obesidade e pacientes bariátricos, sempre com ênfase no acolhimento nutricional.

Sou muito grata por poder trabalhar com o que tanto gosto e busco oferecer às pessoas uma resposta sempre pautada em ciência, para empoderá-las na busca por uma melhor relação com a comida e no enfrentamento diário do terrorismo nutricional“.

Dicas práticas para alimentação

Primeiramente mastigar bem os alimentos, comendo devagar para facilitar a digestão e estimular sua saciedade. Em seguida, sempre que possível, ingerir vegetais crus, assim evita a perda de nutrientes.

Faça suas refeições em lugares tranquilos e evite conversar ou discutir à mesa. Modere nas bebidas alcoólicas e refrigerantes

Coma todos os dias porções generosas de hortaliças e de 3 a 5 porções de frutas. Pois elas contêm vitaminas, minerais, fibras. Tempere a salada com azeite de oliva. Entretanto utilize grãos integrais como: arroz integral, trigo integral, farelos, germe de trigo.

Importante:

Ao aumentar o consumo de fibras, aumente também a ingestão de água, para que a fibra possa desempenhar a sua função. Evite dietas milagrosas em que há uma grande eliminação de peso em um curto período de tempo.

Prefira a ingestão de frutas in natura ao suco de frutas. Beba, no máximo, 3 xícaras pequenas de café por dia. Queijos amarelos (mussarela, provolone, prato, parmesão) devem ser evitados. Dê preferência aos queijos brancos como o de minas, frescal, ricota e cottage.

Molho branco, quatro queijos e bolonhesa são muito mais calóricos quando comparados com o ao sugo. Evite carnes gordas, miúdos e vísceras; embutidos, frituras, maionese, manteiga, massas folhadas.

Dê preferência a carnes brancas; preparações cozidas, assadas ou refogadas. Evitar o consumo de alimentos industrializados ricos em gordura hidrogenada: ex: sorvetes cremosos, biscoitos recheados, sobremesas cremosas, patês e pastas.

Algumas sugestões de pré-treino (ideal de 30 min a 1 hora antes do treino)

Abacate – meia unidade pequena

Mix de castanhas – 50g

Pão integral com cottage (queijo branco) ou pasta de amendoim 1 col. sopa + banana com aveia, mel e canela. No entanto, uma sugestão para alternar o pão, grelhar, sobretudo com pouco óleo e ervas ou mel com canela.

Tapioca (3 col. sopa de goma e ½ linhaça) com cottage 1 col. sopa (se gosta de doce cottage com geléia 100% fruta 1 col. sobremesa)

Batata doce 4 fatias finas (1/2 cm) com cottage ou pasta de amendoim 1 col. sopa.

Torrada integral 2 unid. Em seguida cottage (geléia opcional) ou pasta de amendoim + banana com aveia e mel e canela

Bolacha de arroz integral 2 unid. Com cottage (geléia opcional) ou pasta de amendoim + banana com chia e canela

Banana, aveia 2 col. sopa, mel 1 col. sobremesa, pasta de amendoim 1 col. sopa e canela

Confira mais matérias da Dra. Flávia aqui no Yoo Mag.

Clique aqui: Flávia Prado Rocha Instagram

Advertisement

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments