Óleo de coco: como cuidar da pele e saúde

Óleo de coco: benefícios para pele, cabelo e emagrecimento

Primeiramente é uma das frutas em que mais se aproveita tudo. Casca, óleo, fruto. E assim, dá-lhe coco em casa.

No Brasil, entre profissionais da moda, pessoas que trabalham com a imagem e atletas, o óleo de coco virou ‘febre’. Todo mundo quer deste fruto nos cabelos, alimentação e na pele.

Por outro lado, definitivamente n é modinha. Quando se procura mais a respeito, pode assustar para quem é leigo: o coco é composto em sua maioria por gordura.

Bia Dorazio

Segundo a nutricionista clínica funcional e ortomolecular Bia Dorazio afirma: “o coco contém alto teor de triglicerídeos de cadeia média (TCM), um tipo de gordura saturada.

Assim o TCM é facilmente absorvido e transformado em energia no fígado, não se acumulando como gordura, trazendo boa disposição desde que associado a hábito de vida saudável incluindo alimentação equilibrada.”

Na pele e nos cabelos

Da mesma forma na prática do exercício físico, existem trabalhos científicos mostrando que seu uso antes da atividade, pode estimular receptores celulares e potencializar a queima de gordura.

Ao mesmo tempo melhora a massa muscular, além de fornecer energia para o treino”, diz a nutricionista Bia Dorazio.

Trabalhos científicos

De fato poderíamos falar do coco compartilhando com vocês muitos outros artigos e trabalhos científicos, além de afirmações de nutricionistas, sobre todos os benefícios que ele nos oferece.

Há diversas pesquisas de renome colocando o óleo de coco no primeiro lugar entre aqueles mais saudáveis no cozimento e uso nos alimentos.

Então, se me permite querido leitor, sobre a possibilidade de incluir o coco em sua dieta.

Não é porque eu sinto os benefícios que você sentirá da mesma forma. Mas que vale uma conversa com seu nutricionista a respeito, vale.

Óleo de coco: como cuidar da pele e saúde

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.