O que é Lipedema?

O acúmulo de gordura em regiões do corpo, como coxas, barriga e cintura tem ligação direta com a falta de autoestima de muitas mulheres. Contudo, existe uma doença chamada lipedema, que pode ser a causa do processo que, muitas vezes, é confundido com celulite. Saiba aqui o que é lipedema.

Entretanto, o processo no corpo é bem diferente. Já que, ao contrário da gordura localizada e da celulite, a doença atinge regiões determinadas do corpo. Tanto que mesmo com o emagrecimento, a gordura continua saliente na região.

Além disso, segundo informações do Instituto Lipedema Brasil, a doença causa dores fortes na região das pernas e coxas. Em resumo, é como se as áreas ficassem mais grossas e o joelho perdesse até o contorno.

O que é lipedema: conhece os riscos

Outro fato bem ruim, é a questão dos riscos que surgem na pele mediante a um pequeno esbarrão, por exemplo. A região tem alto grau de inflamação e atinge cerca de 10% das mulheres do mundo.

No Brasil, são cerca de 5 milhões casos. Sendo que as causas podem estar ligadas às mudanças de hormônios, como puberdade, gestação, anticoncepcional ou menopausa. Você conseguiu entender o que é lipedema?

Isso ocorre devido ao desequilíbrio hormonal que tem ligação direta com o tecido adiposo. Dessa forma, as células adiposas (que armazenam gordura) crescem excessivamente.

Cuide da saúde e de previna doenças

Nesse sentido, após o crescimento das células, há o surgimento de dores, bem como acúmulo de gordura e inchaço. Com isso, a doença, além de provocar dores bem fortes, atinge o psicólogo da mulher.

Já que a lipedema tem ligação direta com a autoestima. Mas como a doença é confundida com uma série de outros problemas, a busca por tratamento é tardia.

Sendo assim, no caso de pequenos desconfortos, procure um médico a fim de realizar exames investigativos. Já que as pessoas que têm grau avançado da doença, excesso de dores no pé, acúmulo de líquidos e incapacidade de mobilidade.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Saúde

Comentários estão fechados.