Martin Scorsese: separamos 7 filmes do diretor que agora terá o próximo filme produzido pela Aplle TV+

Martin Scorsese: separamos 7 filmes do diretor que agora terá o próximo filme produzido pela Aplle TV+

Primeiramente iniciamos com O Irlandês e trouxemos mais seus filmes do grande diretor Martin Scorsese

Antes de mais nada e sem delongas: ele é gigante e quanto a isso não há argumentos.

Entretanto o nome dele é Martin Scorsese e na construção da carreira, por exemplo o diretor coleciona títulos lendários, desde o primeiro lançamento em 1968: Quem Bate à Minha Porta?

Recentemente, bem como Martin mostrou, mais uma vez, que fazer bons filmes são um acerto da carreira. Sucesso de crítica e muito bem avaliado por especialistas, O irlandês chegou à Netflix faz poucos meses fazendo rebuliço.

Afinal a passagem meteórica pelo cinema preocupou muita gente que não conseguiu ver o filme. Contudo a estratégia de toda a equipe era exatamente essa.

Produzido pela Netflix, a ideia era o foco no streaming, porém para credenciar à disputa pela estatueta era necessário a divulgação no cinema – pelo menos em algumas salas. Por isso da rapidez.

Essa é a produção mais cara já feita por Scorsese, pois alguns sites especializados falam num orçamento de US$ 175 milhões. A proposta ousada de trabalhar com projeções de rejuvenescimento de Robert Del Niro e Al Pacino traz o diretor novamente para o enredo ligado à gângster.

Essa parceria fez tanto sucesso que nos bastidores já falam em uma proposta do diretor com a empresa de streaming e a Apple.

Para te guiar por esse domingão, preparamos uma sequência de outros filmes do diretor para você acompanhar com um balde de pipoca e muita coberta. Ah, se você ainda não viu O irlandês pode começar por ele.

Taxi Drive:

o filme é de 1976 e é vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes mostra o drama de um taxista (Robert De Niro) para tirar uma prostituta mirim das ruas.

Touro Indomável:

neste filme, Robert De Niro engordou 20 quilos para viver um personagem real, o boxeador Jake La Motta. O papel rendeu o Óscar de Melhor Ator.

A cor do dinheiro:

Paul Newman é um veterano da sinuca que treina um jovem arrogante
(Tom Cruise) para ser campeão. Esse é um dos mais empolgantes do diretor.

A Última Tentação de Cristo:

neste filme, Scorsese faz uma revisitação ao túmulo de Cristo, após a crucificação. O enredo polêmico não agradou ao grande público, mas vale
muito a pena ser colocado na lista.

Gangues de Nova York:

um jovem interpretado por Leonardo DiCaprio volta a Nova Iorque
de 1982 em busca do assassino de seu pai.

Os infiltrados:

um policial se infiltra numa gangue irlandesa de Boston. Essa produção,
finalmente, rendeu ao diretor o Óscar de Melhor Diretor, em 2007.

O Lobo de Wall Street:

este filme mostra toda injustiça da academia com Leonardo DiCaprio. O filme teve cinco indicações e não arrematou nenhum prêmio.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.