Sete filmes românticos para embalar o Dia dos Namorados

Sete filmes românticos para embalar o Dia dos Namorados

Para muitos, datas comemorativas não passam de clichês pré-estabelecidas pelo ciclo mercadológico do consumo. Contudo, para outros (até pelos detestam os clichês), o Dia dos Namorados é tempo de amar.

E se você é do time que gosta de aproveitar o charme da data e fazer uma coisinha diferente para movimentar a relação, a desculpa é ótima.

Com o isolamento social, o restaurante preferido não vai receber reserva. Tampouco, foi possível programar uma viagem para emendar o fim de semana.

Então, o jeito é aguçar toda a curiosidade, escolher um bom vinho e aproveitar o dia grudadinho em casa, mas embalado por um filme bem grupinho.

Pensando nisso, preparamos uma lista para te conduzir pelos caminhos de coraçõezinhos apaixonados e liberar o amor para o ar.

Filmes

Uma linda mulher – vamos começar com o clássico dos clássicos. Ele nunca envelhece. Julia Robert é impecável no papel de uma garota de programa que se apaixona por um milionário vivido por Richard Gere. Portanto, esse filme joga por terra padrões e é mega atual.

10 coisas que eu odeio em você – Bianca (Larisa Oleynik) é uma sonhadora e idealiza um romance dos sonhos. Contudo, o pai só permite que a menina conheça garotos, caso a irmã possa participar dos passeios.

O problema é que Katharina (Julia Stiles) é pouco sociável. Só que Cameron (Joseph Gordon-Levitt) está completamente apaixonado por Bianca e vai
dar o jeito de envolver a cunhada com o misterioso Patrick Verona (Heath Ledger).

Como eu era antes de vc

Como eu era antes de você – pegue uma caixa de lenços e se prepare para se esbaldar em lágrimas. Will (Sam Claflin) é um cara rico que vive a vida sem regras, até que, certo dia, é atropelado por uma moto. A vida dele muda completamente.

É aí que Louisa Clark (Emilia Clarke) entra na Vita de Will como cuidadora e, aos poucos os dois se apaixonam. É lindo!

De repente é o amor – durante uma viagem de avião Oliver e Emily se conhecem. A conexão é instantânea.

Eles acreditam que nunca dariam certo como casal e decidem ser bons amigos.

Contudo, com o passar dos tempos a sintonia aumenta, mas sempre que um quer algo a mais da relação o outro recua.

Jack Dawson (Leonardo DiCaprio)

Titanic – impossível falar de amores sem citar a história de Jack Dawson (Leonardo DiCaprio) e Rose DeWitt Bukater (Kate Winslet). Jack ganha uma viagem ao navio “infindável” numa mesa de jogo.

Já Rose está entediada com as amarras da vida na elite e não quer se casar
com um homem que não ama.

Ela ameaça de se jogar do Titanic e é impedida por Jack. Tudo começa aí.

A culpa é das estrelas – a adolescente Hazel Grace Lancaster (Shailene Woodley) sobrevive, ao câncer graças a uma droga experimental.

Enfim entediada com a vida, a menina é forçada pelos pais a frequentar um grupo de ajuda cristão.

Então lá conhece Augustus Waters (Ansel Elgort), jovem destemido que também sofre com um câncer. A luta dos dois e o crescimento do amor são motivantes e apaixonantes.

O guarda costas – PARA TUDO. Tenho certeza que a trilha sonora desse filme invadiu a sua mente, neste momento.

Frank Farmer (Kevin Costner) Entretanto é um competente guarda-costas contratado para proteger a famosa atriz e cantora Rachel Marron (Whitney Houston).

Os dois se apaixonam, mas Frank não se permite viver o amor, já que quando estão juntos a cantora se torna totalmente vulnerável.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.