Vanessa Hardman. Entrevista com uma das mais jovens empreendedoras de cosméticos do Brasil

Vanessa Hardman

Há quem lembre que a visão não é apenas um sentido, mas a síntese de um aglomerado deles.

A mesma torna o mundo uma janela, mas percebemos que há outras dimensões igualmente básicas. A ativação da sofisticação do sofisticado mecanismo de passar do olho para o olhar.

A começar pelo nosso corpo que olha todas as coisas, e pode principalmente olhar-se. Há quem diga que o corpo é onde a alma habita e descansa e devemos cuidar dele sem precedentes, mas com responsabilidade. Esse mesmo olhar que fez Vanessa Hardman, proprietária de uma das empresas mais promissoras de cosméticos naturais e orgânicos do Brasil, seguir em frente. Confira abaixo a entrevista. Enjoy !!

Vanessa Maria Hardman Virgolino, 28 anos, nasceu em João Pessoa (Paraíba). Formou-se no Gilon Institute Of The Higler Education (Suíça) e especializou-se na Indonésia. Tem um currículo impressionante o que faz jus ao seu mindset empreendedor.

Yoo Mag: Cursos extracurriculares da Vanessa Hardman

Philip House – Romênia

Best Buddies – Las Vegas

United Nations and Global Challenges – Graduate Institute Geneva

Scuba Diving – PADI Open Water Diver Certificate

Self Defense and Tactical Shooting

Yoo Mag: Uma frase

* “Se você vai ter uma historia, tenha uma grande historia.” – Joseph Campbell

Yoo Mag: Defina a Vanessa em uma palavra?

*Intensidade

Yoo Mag: Qual esporte você pratica?

*Amo esportes – todos – acompanho campeonatos de tudo, e pode me chamar para ir em qualquer competição ou treino de qualquer esporte que eu vou! Olimpíadas é minha diversão, esporte para mim é o resultado de paixão, dedicação e disciplina, amo ver e sentir a superação dos atletas!

Mas, no entanto minha grande paixão é o hipismo, posso passar o dia inteiro em uma competição sozinha vendo cada cavaleiro e amazona saltar, ou mesmo um dia inteiro de treino deles.

Para mim é a definição de sintonia entre dois seres mais bem exemplificada, tem que ter respeito, confiança e resiliência, e sua única forma de comunicação entre um e o outro é o tato. Pratico desde pequena, nesse exato momento não estou me dedicando a ele, mas sempre que posso vou na hípica e acompanho os campeonatos.

Também corro bastante – adoro – correr é minha terapia, e faço Crossfit a alguns anos, amo o desafio de todo dia se superar nos WODs. Sempre que possível nado e as vezes tento pedalar, mas assumo que caio mais do que pedalo então fica difícil achar companhia para ir comigo.

Yoo Mag: um filme

Free Willy – marcou minha infância e sempre me fez sonhar. Buscar a liberdade e preservar a natureza como eu posso, sou uma grande apaixonada pela vida marinha.

Yoo Mag: uma Música

Qualquer uma que eu possa dançar e cantar

Yoo Mag: Alimentação

Eu amo um matinho como – carinhosamente chamo minhas verduras – meu maior amor é o tomate e poderia viver só de tomate. Baseio minha alimentação em: se a terra nos dá, então é para comer.

Tento evitar ao máximo coisas industrializadas, se diz fruta, natural, vegetal ou qualquer coisa do tipo e se tem data de expiração de meses, não pode ser natural!

Mas como literalmente de tudo, amo experimentar novas cozinhas e novos pratos, e se você me perguntar meu prato predileto acho que minha resposta será o que ainda não experimentei.

Yoo Mag: Um breve relato de como foi sua vida profissional da até antes da marca da sua marca

Mudei do Brasil aos 15 anos e fui para a Suíça em Lugano, lá fiz escola, entrei na universidade em Montreux, enquanto estava na universidade fiz estágio de 6 meses trabalhando no Four Seasons em Doha, e um outro trabalhando para Starwood Asia Pacific.

Fui contratada pela MGM Resorts International e da linda verdinha Suíça fui para o meio do deserto em Las Vegas. Lá, trabalhava no corporativo fazendo avaliação das propriedades e de como poderiam ser melhoradas as operações e resultados.

Retorno de Vanessa Hardman para o Brasil

Após quase 2 anos em Las Vegas e 10 fora do Brasil, retornei em 2015 para então começar o que naquele momento achava que seria minha empresa: uma rede de boutique Hotel (uma de minhas paixões) em destinos pouco explorados mas com belezas estonteantes. 

Logo, não tive o apoio da minha família e perdi um pouco do meu chão, após 1 ano me encontro mais uma vez em Genebra fazendo um curso de Global Challenges na ONU para aprender e entender melhor como eu posso ajudar – o mundo a ser melhor.

Em seguida fui para o Sudoeste Asiático – Jakarta, Indonésia – onde fiz um Masters em Business para entender melhor sobre negócios nessa região do mundo, e de como poderia atrelar as coisas que amo. E foi aí que nasceu a madamecrème.

Yoo Mag: Madamecrème: o que te inspirou para fazer essa marca

Então um belo dia estava indo comprar meus produtos de beleza (sempre gastei horrores com hidratantes, sabonetes, e produtos em beleza no geral) e pensei, poxa existe tanta matéria prima maravilhosa aqui na Indonésia.

Super natural e ninguém valoriza isso aqui, tudo que eles querem são produtos estrangeiros com um forte branding, principalmente marcas da europa.

Aí foi onde me veio a ideia: “eu sou apaixonada por isso, tenho muito conhecimento como consumidora e sei as coisas que procuro e não encontro, então vou fazer para mim, e entregar para os consumidores um produto mais puro, natural, que tenha sempre foco em um ingrediente local, e que ensine as pessoas que elas têm cuidar da pele todo dia, sem gastar muito e sem perder tempo, e que isso pode ser tudo divertido”.

Liguei para a Dana – acho que a única pessoa mais louca do que eu com produtos beleza que conheço – na época ela estava na Suíça fazendo o Masters in Finance in Lausanne, e falei que ia abrir uma marca de cosméticos e se ela queria fazer parte.

Ela começou a fazer muitas perguntas e eu só disse: “eu não tenho nenhuma dessas respostas, mas eu sei que eu vou fazer”.

E assim nasceu a madamecrème – que por sinal chama-se assim por ser um apelido das amigas com a Dana por sempre viajar com suas milhares de nécessaire e produtos – mesmo que por um dia.

Yoo Mag: Como você cuida da sua pele, quais dicas você daria para quem esta lendo essa matéria

Desde muito pequena, sempre tive uma rotina de cuidados com a pele, vivi de Hidratante, quando tinha uns 10 anos fui em uma médica e ela me disse que não existe segredo para pele bem cuidada, que não seja uma pele hidratada. Então desde esse dia, sempre fui a louca dos hidratantes, um hidratante de 500ml não dura mais de 15 dias meu banheiro!!

Faço dry-brushing de manhã, lavo minha pele – corpo e rosto – com um sabonete que tenha propriedades hidratantes ou sem sabão (atualmente uso o Clenance da Avene), e então hidratante pro corpo, hidratante pro bumbum, hidrate com vitaminas para os olhos, hidratante para o rosto e meu protetor solar!

A noite sempre uso óleo facial para remover as impurezas ou uma água mincelar (meu preferidos são Parsley Seed Facial Cleansing Oil da Aesop e Eau Micellaire Ultra da La Roche-posay) daí lavo com o mesmo sabonete e para o corpo após usar o sabonete sem sabão (para não ressecar a pele) uso óleo corporal que mantém a pele com toque aveludado, e trata com as vitaminas que precisa.

Banho

No rosto vario entre complexos de vitaminas, máscaras faciais que compro em viagens, mas sempre tem algo hidratante. Mas acho que a maior dica que posso dar é TOME BANHO DE ÁGUA FRIA – GELADA SE POSSÍVEL – não tem nada que resseque, desgaste e envelheça a pele do que água quente!

Eu particularmente odeio água quente, sei que para alguns é difícil, mas revesar um banho quente e um frio por dia é uma dica para começar.

E para completar minha rotina sempre esfolio meu corpo duas vezes na semana (Domingo e Segunda; uso esses dias porque sempre marquei eles e desde então sigo não tem uma razão específica) e o rosto 1 vez na semana (sempre na quinta) (não sei porque, mas sempre usei a quinta como o meu dia de selfcare mais completo).

Mas vale lembrar duas coisas para quem está começando a esfoliar a pele, se você uma uma vida calma e sem muito movimento esfoliar o corpo uma vez por semana é suficiente, e para o rosto quem tem pele oleosa JAMAIS esfolie mais de uma vez na semana porque faz com que sua pele comece a produzir mais sebo e deixa sua pele ainda mais oleosa. Mas esfoliar corpo e rosto ao menos 1 a 2 vezes ao mês, porque se não não importa que produto você esteja usando sua pele não absorve nem 50% dele.

Vanessa Hardman

Não gosto de comparações. Cada pessoa tem sua dor! Odeio injustiças, mas infelizmente, acontece sempre no nosso dia-a-dia e quando era mais nova queria abraçar todas as causas, mas aprendi que não podemos fazer tudo, mas se cada um abraçar a sua causa e defendê-la o mundo será bem mais justo. Pode-se dizer que é minha visão utópica, mas tento acreditar que podemos ser melhores.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.