Vinhos aumentam lucro de bares e restaurantes

Vinhos aumentam lucro de bares e restaurantes. Por Lucas Machado

Oportunidade de aumentar as vendas no setor de alimentação fora do lar

Vinhos aumentam lucro de bares e restaurantes

Durante a pandemia, houve um notável crescimento no mercado de vinhos no Brasil. De acordo com a Wine Intelligence, uma empresa especializada em pesquisas sobre o produto, o consumo dessa bebida aumentou significativamente, com aproximadamente 3 milhões de novos consumidores regulares de vinho entre 2019 e 2020.

Estratégias para Aproveitar o Crescimento em bares e restaurantes

Nesse cenário promissor, os empreendedores de bares e restaurantes enxergam uma oportunidade de ampliar a margem de lucro de seus estabelecimentos.

Em uma entrevista ao podcast da revista Bares&Restaurantes, O Café e a Conta, produzido pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o consultor especialista Diego Bertolini destaca que o potencial do mercado brasileiro é enorme, mas ressalta a necessidade de expandir a presença do vinho no setor.

Ao oferecer uma variedade de vinhos, os consumidores podem ser incentivados a experimentar novas opções, o que pode elevar o valor gasto por visita.

Maximizando o Tíquete Médio

Bertolini ressalta: “No consumo de vinho, o cliente muitas vezes acompanha com água ou uma entrada; o tíquete médio é maior do que no consumo de outras bebidas. O empresário precisa entender que pode estar deixando dinheiro na mesa ao ignorar a venda de vinho em seu estabelecimento.”

Estratégias de Marketing e Oferta

Para aumentar o tíquete médio dos bares e restaurantes, existem alternativas que podem impulsionar a venda de vinhos. Uma estratégia mencionada na entrevista é evitar a oferta de rótulos facilmente encontrados em supermercados, optando por bebidas que proporcionem um senso de exclusividade aos clientes.

“É recomendável escolher rótulos mais exclusivos, evitando comparações diretas com os produtos disponíveis em supermercados. Muitas vezes, os consumidores não compreendem a diferença de preços entre um vinho adquirido no supermercado e o mesmo vinho servido em um restaurante”, explica o especialista.

Bertolini também enfatiza que ao incluir um vinho no cardápio do estabelecimento, é importante considerar não apenas o custo do produto em si, mas também os custos associados ao serviço prestado. Portanto, buscar por produtos exclusivos é fundamental não apenas para justificar o consumo, mas também para ampliar a margem de lucro do estabelecimento.

Diversificação, Lucro e Experiência do Cliente

Ao abraçar a tendência de crescimento no mercado de vinhos, os empreendedores do setor de bares e restaurantes podem não apenas diversificar suas ofertas, mas também aumentar a margem de lucro e proporcionar experiências únicas aos seus clientes.

Lucas Machado no Instagram

Advertisement

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments