Mel Maia não para de se meter em polêmicas essa passou dos limites

Mel Maia não para de se meter em polêmicas essa passou dos limites

Primeiramente ela já foi cancelada na internet e reativada por diversas vezes. Exposição sexual precoce e postura impensada foram alguns dos assuntos que levaram a atriz ao topo dos assuntos mais comentados da internet.

Ao que tudo indica (e seguindo) o curso, a verdade é que a cada semana, a atriz Mel Maia decide encarar um rolê aleatório.

O ideal sempre é o mesmo: protagonizar uma treta na internet. Há algumas semanas, a adolescente quase foi cancelada, mas por sorte conseguiu
ser reativada pelos internautas.

Agora, o vacilo de Ritinha (da novela Avenida Brasil) veio com um áudio vazado na internet.

Numa total indelicadeza, ela chamou a atriz transexual Collen de “traveco”. Assim causou a revolta de muita gente.

Com isso, a internet passou a criticar a atriz com muita força e sem piedade. No entanto, quando ela percebeu que o seu nome estava no topo dos assuntos mais comentados do dia, ela deu um jeito de se explicar:

“Oi gente, de início não chamei a Collen de traveco! Quem chamou foi o Joaoty, exposto no tt ultimamente pelas suas mentiras (que inclusive desativou o Instagram depois disso)… eu gravei minha ligação com o Joaoty e mandei para uma amiga que estava preocupada comigo […]”, postou no seu perfil.

Não demorou muito para que ela fosse taxada como transfóbica. Aliás, Collen, a atriz ofendida, não “passou pano”. Portanto, assim que teve conhecimento do áudio, ela gravou um vídeo expondo Mel Maia.

“Essa semana uma pessoa bastante conhecida e quem até admirava, propaga muito amor nas redes sociais e vive apoiando muitas causas, fez um comentário muito ruim, um comentário que me feriu e fere também uma comunidade inteira. O engraçado é que há seis meses atrás atuava ao lado de uma atriz também trans. Essa pessoa é a Melissa Maia”, falou.

Collen chamou Mel para reflexão, já que a falta de cuidado e formas pejorativas endossada por jovens abala diretamente a comunidade trans, que convive com preconceito rotineiro e invisibilidade.

Emancipação antes dos 18 anos

Antes de ser imersa nessa polêmica, a atriz ganhou os holofotes depois que a mãe anunciou que Mel seria emancipada, bem como já ocorreu com Larissa Manoela.

A declaração da mãe da menina, Débora, foi dada ao Jornal Extra e deixou claro que, de acordo com ela, a ideia visa facilitar a vida da menina para futuros trabalhos. “A Mel é uma mistura de adolescente amadurecida e menina. Ela sempre toma decisões junto com a gente. O que ela diz é que assim será para vida inteira”, falou ao jornal.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.