Bruce Springsteen: a voz que influenciou gerações

  • por em 2 de dezembro de 2020

Bruce Springsteen, hoje com 71 anos e ainda com um pique único, é dessas pessoas que, todavia, fazem parte de várias gerações, influenciando.

Com seu estilo próprio, ele entrou no cenário da música com sua voz inconfundível e, dessa forma, se tornou uma peça chave da cena musical.

Saúde e depressão

Certamente cuida não só da aparência como da saúde.

Dessa forma, ele não escondeu sua luta contra a depressão.

Aliás, segundo o cantor e compositor, foi a música que preencheu o vazio de sua adolescência.

Alimentação

Bruce é vegetariano e faz exercícios diários a 30 anos. Um deles é a corrida em esteira, além dos exercícios isométricos.

Uma curiosidade, todavia, é que seu corpo não mudou muito desde a adolescência, sendo sempre uma preocupação manter essa rotina de exercícios e alimentação.

Carreira

Bruce é cantor, compositor, violonista e guitarrista e tudo isso fica em evidência em cada trabalho. Certamente ele é um exemplo.

O cantor iniciou a carreira em 1969 e desde então, aliás, recebeu vinte Grammys, um Oscar e quatro American Music Awards.

Rock and Roll Hall of Fame

Além disso, o álbum Born to Run foi incluído na lista dos 200 álbuns definitivos do Rock and Roll Hall of Fame, que é demonstração da consagração de seu trabalho.

Bruce, por outro lado, já vendeu mais de 120 milhões de discos pelo mundo.

Não se poderia prever, contudo, quando aos 16 anos e uma guitarra Kent com a qual compôs “The Wish”, Bruce se tornaria um dos grandes nomes da música mundial.

Ascensão

Assim como todos os iniciantes mais bem sucedidos posteriormente, Bruce também fez muitos shows em barzinhos, mas de uma forma colaborativa, todos da época se apoiavam.

Seu álbum de 1975, “Born to Run” fez com que ele entrasse de vez no cenário musical, tendo ficado em 3º lugar nos top trends dos Estados Unidos mesmo sem ter um único hit.

Sucesso até hoje

Do disco Born to Run, todavia, as músicas “Thunder Road”, “Tenth Avenue Freeze-Out”, “Jungleland” e a música que dá nome ao disco são obrigatórias no repertório de todos os shows de Bruce até hoje.

Além disso, são tocadas em todas as rádios do mundo todo.

Dono de uma discografia de fazer inveja e capaz de influenciar músicos de todo o Planeta, Bruce merece um destaque para quem quer conhecer uma boa música.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.