Coturnos: estilo e conforto

Coturnos: estilo e conforto

O inverno é tempo de glamour. A afirmação surge carregada de certezas, já que uma produção para espantar o frio tem como ponto alto a elegância do cachecol, bem como a versatilidade de um coturno.

Aliás, o calçado que transita há muitas décadas pelas calçadas do mundo é atemporal e nunca sai do pé de quem curte modernidade. A bota, no primeiro contato, pode até ser vista como desconfortável, devido à aparência rústica. Porém, na realidade ela é muito bem recebida pelos pezinhos cansados.

A versão com cadarços à mostra é um diferencial que rende um visual mais “cool” ou com uma pegada roqueira. A verdade é que a cada nova estação, o coturno mostra que nunca sairá de moda. Por isso é sempre bem-vindo para quem gosta de uma produção cheia de estilo.

O look fashionista com coturno

Ele é bem fashion, porém não completa o look sozinho. Em relação ao surgimento, à ligação com as vestimentas militares não é irrelevante. Isso porque, foi exatamente essa a referência criativa das botas.

Para se ter ideia, o calçado foi idealizado no século 16, na época em que passou a haver investimento tecnológico em uniformes dos militares. Já nos anos 70, o uso esteve ligado à cultura punk e à revolução.

Para 2021, os especialistas apontaram que a bota estaria entre um dos pontos altos da estação. O que se concretizou nas ruas. Mas se engana quem pensa que o calçado só pode ser usado para quem adora uma linha mais rock’n roll.

Versatilidade nos pés

Tanto que a aposta hi-lo é uma das queridinhas e atraiu adeptas em todo o mundo. O mais legal do uso dos coturnos é que eles se encaixam ao perfil de quem escolhe.

Isso porque, ele pode acompanhar a versatilidade da calça jeans ou a produção com um vestido descolado. Tudo ao gosto de quem opta pelo calçado queridinho da estação.

Nesse sentido, vale a pena o investimento em uma boa calça e jaqueta jeans.

Coturnos: estilo e conforto

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.