Dança: atividade física que emagrece e tonifica os músculos

Conforme o dito popular; “quem dança seus males espanta”. A cada dia mais adeptos confirmam que quem dança seus quilos a mais espanta!

E essa forma divertida de fazer atividade física conquista homens e mulheres. 

Se você prestar atenção em bailarinos ou dançarinos profissionais verá pernas, braços e costas torneados, uma postura excelente e, além disso, um abdome firme. 

Dança de salão, flamenco, sapateado, zumba, balé, balé fitness, stiletto, pole dance, jazz, dança de rua.

Não importa o estilo escolhido, movimentar o corpo com certeza trará perda de peso e aumento da massa muscular. 

Tendências dos anos 80

Quanto mais ativa a dança, contudo, mais calorias são gastas e hoje a bailarina e patinadora Kelsey Guy, de Los Angeles, tem inspirado muitas mulheres a aderir a duas tendências dos anos 80 que voltaram com tudo: dança e patinação. 

Dança

Para quem não gosta de musculação nem de ginástica localizada é, definitivamente, uma excelente alternativa para ganhar condicionamento físico, tonificar a musculatura, fortalecer ossos e perder peso. 

Movimentos e música

Primeiramente a dança dá não só a sensação de bem estar como a endorfina liberada, entre movimentos e música, parece trazer mais alegria durante e após a atividade. 

Com movimentos de todos os membros do corpo, aliás, promove o alongamento da musculatura.

Ainda garante agachamentos, elevação de panturrilha, melhora a postura e trabalha a musculatura abdominal. 

Igualmente, a dança auxilia na respiração, no controle da ansiedade, no combate ao estresse e à depressão, e propicia sensação de bem estar ao longo do dia, fazendo com que o corpo continue produzindo oxitocina e endorfina. 

Isolamento social

Para o momento de isolamento social, entretanto, existem vídeos e aplicativos que trazem aulas de dança para serem feitas em casa, sozinhos ou acompanhados. 

Quem sabe o casal se aproxima mais ainda ao fazer uma dança junto?

Sim, pois aliás, diversas modalidades são bem mais divertidas quando o casal se anima para praticar junto. Isso é inegavelmente um convite à parceria. 

Aconselha-se, contudo, a quem estava sedentário por muito tempo e a idosos, fazer danças mais leves para que não haja qualquer problema físico decorrente do excesso de movimentos. 

Alimentação saudável

Não se pode esquecer, todavia, que uma alimentação saudável deve ser mantida junto com a atividade física, não só para a perda de peso como para a manutenção da saúde. 

Além disso, manter a hidratação é fundamental. 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Esportes