Cinco maiores skatistas do mundo

O skate é um esporte de manobras radicais e que exala lifestyle tem a estreia confirmada nos jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021.

A expectativa é grande e a certeza de espetáculo é garantida.

No entanto, apesar do início em Olimpíadas, a caminhada do esporte é intensa e já ultrapassa os 50 anos de história.

Skate

Uma construção entretanto que passou por muita gente boa responsável de elevar o esporte aos maiores patamares.

Entre os nomes, segundo o brasileiro e membro da seleção brasileira de skate, Kelvin Hoefler, selecionou cinco nomes que para ele ajudaram muito na divulgação mundial da modalidade:

Bob Burnquist, Tony Hawk, Fábio Cristiano, Sandro Dias e Ryan Sheckler.

Os cinco melhores, por Kelvin Hoefler

1 – Bob Burnquist:

Então é impossível falar de skate sem citar o nome de Bob. Aos 43 anos, a
trajetória dele se confunde com a do esporte.

Filho de mãe brasileira e pai americano, ele nasceu no Rio de Janeiro, mas foi criado em São Paulo.

Foi jogador de futebol e ganhou medalha na posição de goleiro, mas foi, aos 13 anos, que ele começou se tornou protagonista em competições de skate.

Conhecido por reinventar manobras, ele é octacampeão da Megarrampa, personagem de PlayStation e conquistou o feito de ser o primeiro brasileiro a realizar a manobra fakie (Switch com a base nollie) 900º na Megarrampa.

2 – Tony Hawk:

americano com destaque na prática da modalidade vertical e um dos
fundadores da gigante empresa de skate Birdhouse Skateboards.

Além disso, ele dá nome aos jogos de computador Tony Hawk’s.

3 – Fábio Cristiano:

ele é um dos grandes ídolos do skate mundial e tem como uma das
principais marcas a modernidade na prática do esporte.

Modernidade no entanto que vai além das pistas, como ele deixou claro na série gravada para o seu canal do YouTube, em setembro de 2019.

4 – Sandro Dias:

conhecido mundialmente como Mineirinho, o atleta é considerado o “rei
dos 540” e começou a andar aos 10 anos.

Coleciona o hexacampeonato do World Cup Skateboarding (2003, 2004, 2005, 2006, 2007 e 2011), tricampeão europeu (2001, 2003 e 2005)[1] e medalha de ouro dos X Games de Los Angeles (2006).

5 – Ryan Sheckler:

começou cedo, aos seis anos, e já confessou passar 22 horas por dia
treinando manobras de skate.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.