Desacelere com o Projeto Sabor

Desacelere com o Projeto Sabor

Desacelere. Quantas vezes você foi a única prioridade da sua vida? Quantas vezes você respirou fundo e sorriu quando saboreava uma comida saborosa? Essas indagações podem parecer simples. Mas na maioria das vezes, as respostas são negativas. Contudo, mudar essa realidade é necessário para quem busca qualidade de vida.

Até porque, a correria do dia a dia e a necessidade maluca de produtividade faz com o que o bem-estar seja a prioridade. Igor Lopes, sócio do restaurante Projeto Sabor, já se incomodava com esse fenômeno há muitos anos. Porém, foi durante a pandemia que ele decidiu virar a chave e propor uma nova experiência de consumo aos clientes.

A ideia de uma operação mais leve surgiu para evitar o consumo acelerado da comida, com filas extensas e uma ideia de restaurante com o único propósito de matar a fome. “Na pandemia, nós sinalizamos a ideia e entendemos que aquele momento era o gatilho para a mudança. Esse era, portanto, o momento ideal para apresentar a experiência gastronômica ao público da casa.”

Projeto Sabor de cara nova

Foi assim que o tradicional Projeto Sabor, localizado no bairro São Bento, excluiu a opção self service e criou soluções variadas para o à la carte. Tudo com o foco em comida de verdade, saudável, voltado para o sabor.

O resultado da proposta agradou e o público, que naturalmente entendeu que era o momento de pisar no freio. Desse modo, desacelerar se tornou uma consequência e os almoços apreciados em cada detalhe.

11 prêmios gastronômicos

A operação em geral já tinha o respaldo de qualidade com os 11 prêmios gastronômicos conquistados nos últimos anos (por exemplo, Encontro Gastrô, Veja BH) como Melhor restaurante self-service da cidade. Porém, para a turma do Projeto Sabor a máxima de quem em “time que está ganhando não se mexe” não faz sentido.

“Prova disso, são os novos hábitos e prazeres que os clientes encontram na casa, voltados para a degustação e prazer. Os acompanhamentos são variados”. Comenta Igor Andrade.

Desacelerar passou a ser uma realidade e os clientes abraçaram a iniciativa, já que com a pandemia muitas pessoas entenderam os malefícios do estresse e correria no nosso dia a dia.

Belvedere

Igor conta que a unidade do bairro Belvedere já trabalha com esquema de à la carte há anos. Contudo, a unidade é menor e a estrutura de atendimento também é restrita. Mas ali eles já haviam percebido que o padrão de consumo estava ligado à experiência. A pessoa chegava, pedia um açaí e apreciava com tranquilidade.

Assim, esse comportamento foi importante para validar a ideia de que as pessoas em geral também procuravam uma proposta diferenciada. “Lançamos o ‘desacelera’ para fazer o momento do almoço de prazer e lazer.

Muitos clientes atenderam esse novo formato e acabam passando mais tempo, com mais calma. Não só comendo rápido o prato principal e indo embora. E ter essa experiência é muito legal”, explica Igor.

Projeto Sabor a experiência

Enfim, no Projeto Sabor a experiência é o grande privilégio. Sobretudo, o fim de tarde pode ser acompanhado por um suculento açaí ou um suco natural com tapioca. Para o prato principal, o cliente sempre encontra uma sugestão do chef com carnes (ancho, tilápia, frango, salmão, filé mignon) e os acompanhamentos são rotativos.

Afinal, eu sou fã da tilápia da casa e, na minha opinião, o prato do Projeto Sabor é o melhor de toda Belo Horizonte. Também gosto demais do açaí ou da companhia de um suco misto de frutas vermelhas.

Nessa nova versão da casa há mais opções de drinques, vinhos e espumantes. E sobre isso falaremos em breve. Hasta !! POR LUCAS MACHADO

INSTAGRAM: https://www.instagram.com/projetosabor/

Baixe o aplicativo e conheça o cardápio: https://delivery.projetosabor.com.br/menu

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.