Precious Lee: carreira X saúde mental

Precious Lee

“O valor que te pagam cobrem o seu desequilíbrio mental?” Li essa grade no LinkedIn hoje e confesso que fiquei pensativo em relação aos meus processos. Por isso, trouxe esse ponto-chave como foco deste texto.

Quanto vale a sua saúde mental? Aqui não pergunto sobre os custos do psiquiatra, sessões de terapia e, tampouco, dos medicamentos. Até porque, esses são meio auxiliadores de equilíbrio. Mas para alcançar a plenitude é preciso de ação.

E foi exatamente isso que uma menina bem promissora de Atlanta, na Geórgia (EUA), decidiu fazer. O nome dela é Precious Lee, um fenômeno de beleza e espontaneidade. Seguir a carreira, porém com prioridade para ações que a levassem ao bem estar.

A nova cara da moda

Ela um dia sonhou em ser advogada, mas o olhar da mestre Donatella Versace mostrou que o caminho da moça seria a indústria da moda. Tudo começou em setembro de 2020, nas passarelas que anunciavam a coleção do verão 2021 da Versace.

Desde então, Precious passou a ser considerada como a grande representação do novo conceito da indústria da moda. A trajetória meteórica não veio por sorte, até porque é impossível não ficar maravilhado com cada traço do rosto de Lee.

Negra e com medidas reais, ela trouxe a naturalidade feminina para a indústria. E talvez esteja aí um dos pontos altos da aposta de Donatella.

A carreira de um modelo real

Em entrevista à Vogue, ela contou que o corpo e a pele sempre foram motivos de orgulho no lugar que ela veio. Ela também revelou à reportagem da revista que a entrada tardia na moda ocorreu pelo foco no Direito. Até porque, ela queria mudar o mundo com ações de justiça, principalmente em relação à comunidade negra.

Antes da Versace, ela já tinha realizado trabalho para outras marcas que têm como padrão a diversidade na escolha do casting, como desfiles de Tommy Hilfiger, Savage x Fenty e Christian Siriano.

Ela deixa claro que ser uma mulher negra já é um grande desafio. Até porque, a existência é um ato de resistência. E apesar de todo o conceito de representatividade que cerca a modelo, ela enfatiza que nenhuma carreira pode ser mais importante do que o bem-estar e equilíbrio mental.

Prova que a modelo tem muito a ensinar para o mundo: “Nenhuma carreira é mais importante que a nossa energia, por isso não abro mão da minha meditação, além de estar cada vez mais conectada com a astrologia e a força dos cristais.”

Precious Lee

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.