Vitiligo: o que é a doença da mineira Natália do BBB

Vitiligo: o que e a doença da mineira Natália do BBB

O vitiligo é uma doença que causa despigmentação da pele em forma de manchas. Apesar da simplicidade na explicação, as pessoas com vitiligo sofrem o preconceito que chega no olhar.

Mas o modelo Roger Monte, por exemplo – soube enfrentar a doença. Aos 23 anos, ele percebeu uma mancha diferente na pele.

Aquele era um indício da doença que surgiria no ano seguinte, aos 24 anos. O modelo confessou que a descoberta não foi simples.

Até porque, o vitiligo chegou na mesma época do fim de um relacionamento. Roger relembrou que se tratava de uma companhia tóxica, mas que ele estava preso naquilo tudo.

O preconceito e o vitiligo

O modelo, aliás, falou sobre o momento difícil da vida. “Quando essa relação chegou ao fim, as manchas aumentaram. Junto com elas aumentou o meu desespero, meu estresse… Minha autoestima foi no chão”, lembra-se.

A narrativa dele vai de encontro com a realidade de muitas pessoas que sofrem com a enfermidade. No início, ele contava com maquiagem para tentar disfarçar as manchas.

Ele utilizava corretivo no rosto e com o aumento das manchas, a necessidade de maquiagem cresceu. Além de todo o preconceito, Roger tinha que lidar com o nojo que ele sentia dele mesmo.

Mas não foi simples a aceitação. O caminho foi grande, porém ele percorreu e alcançou a aceitação. Hoje, aos 37 anos, ele trabalha como vendedor de uma loja.

Descoberta do amor próprio

Contudo, a carreira de Roger é cuidada por uma agência com atuação no Rio e São Paulo. Nesse tempo, ele já participou de entrevistas em TV e foi pauta do jornal estrangeiro “Daily Mail”.

O modelo conta que o amor próprio e paixão pela história de vida, pelas cores da pele, é precioso demais.

“Hoje eu não chamo o vitiligo de doença. Eu chamo de característica! E eu sou orgulho da característica que Deus me presenteou porque ela me fez ser quem eu sou.”

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.