Dieta atkins: redução de carboidratos e diminuição de peso

Dieta atkins: redução de carboidratos e diminuição de peso

Quantas vezes você já ouviu falar do tanto que cortar o carboidrato gera benefício direto para a perda de peso?

Contudo, você sabia que a pioneira nesse assunto se chama dieta Atkins

Inclusive, é preciso deixar claro que ela é famosinha por incentivar o consumo maior de proteínas.

Assim, a diminuição de peso é instantânea e o ganho de massa muito efetivo.

Ela foi criada pelo americano Robert Atkins nos anos de 1970 a proposta é a de ingestão de nutrientes e gorduras boas.

Em contrapartida o consumo de carboidratos é extremamente restrito.

Esse, portanto, é o ideal da dieta. Dessa forma, alimentos de origem animal, como carnes (inclusive bacon e embutidos).

AINDA ovos, leite e derivados se tornam os reis do cardápio.

Para se ter ideia, a proporção da pirâmide tradicional da alimentação 30% de gordura e 60% de carboidratos.

No caso da Atkins,logo depois o processo é inverso: 60% de gordura e menos de 25% de carboidrato.

Entretanto é considera dieta de choque, ela é ideal para quem quem pretende perder muito peso.

E (acima de 20kg, por exemplo) e ajuda a controlar os níveis de glicose, colesterol e triglicérides.

Também se destaca nessa dieta o fato do grau de saciedade proporcionado pela quantidade de carboidratos consumidos nessa nova rotina.

1ª semana: para começar a quantidade de carboidratos se limita a 20 gr diariamente, ou seja, uma maçã, duas bananas pratas médias.

E mais um pão francês sem miolo, uma porção pequena de macarrão alho e óleo ou uma batata cozida. Folhas (repolho, acelga, rúcula, alface, etc).

Castanhas, carnes (boi, frango e peixe), ovos, queijos são consumidos livremente.

2ª semana: aos poucos, o carboidrato começa a ser inserido em mãos quantidade. Agora, o limite é 50 g por dia.

Laticínios integrais, legumes e frutas com pouco carboidratos (brócolis, couve, aspargos, frutas vermelhas, melão) passam a ser introduzidos.

3ª semana: aqui, a quantidade de carboidratos passa a ser 80 g de por dia. Mas é importante ficar atento ao peso – se ele aumenta ou diminui.

Abóbora, inhame, batatas, mandioca, arroz e grãos integrais são permitidos.

4ª semana: nessa semana, o foco é a manutenção do peso alcançado.

A ingestão de carboidratos deve ser limitada ao processo da semana da terceira semana, que fez chegar ao peso.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.