Estética e beleza na Savassi. Por Elisabete Candiotto

  • por em 2 de dezembro de 2021

Estética e beleza na Savassi. Por Elisabete Candiotto

Uma boa profissional tradicionalmente falando é algo cada vez mais raro. Mas em meio a correria do dia, na agitação da Savassi, Elisabete Candiotto, leva sua Clínica onde o tempo te convida a mergulhar no mundo da Beleza.

Fisioterapeuta Dermatofunciomal, Elisabete nasceu em Xavantina/ Santa Catarina. Atua no mercado de estética e beleza a mais de 15 anos.

Na entrevista, ela nos contou sobretudo que uma das maiores experiências da sua vida foi a maternidade. Pandemia: “Acho que as pessoas vão priorizar as coisas mais simples e valorizar mais o tempo com os amigos a família, viajar mais e curtir mais a vida”. Diz.

Confira nossa entrevista:

Yoo Mag: O que mais te inspira?

Elisabete: Ser referência na minha área de atuação. Estar sempre atualizada. Amor pela profissão. Desafios.

Qualidades importantes de ser um ser humano?

Honestidade, humildade, generosidade, dinâmica, respeito.

Filmes?

A vida é bela, Olga, Sempre a seu lado.

Corpo e alimentação:

M,A,P. Movimento, o corpo precisa estar sempre ativo, somos feitos para não ficarmos pardos. Enfim, alimentação saudável: menos padaria e mais produtos hortifrúti, pensamentos sempre positivos.

Então, entendo que precisamos cuidar dos 3 pilares: Movimento, alimentação e Pensamento.

Música:

A Música é quântica, se ouvimos boas musicas isso fica em nossas mentes, trazem boas vibrações. Principalmente para começarmos o dia.

Por que a área de saúde?

Sempre foi minha paixão, poder ajudar as pessoas é algo muito gratificante, mas todo profissional que faz o que gosta, com certeza transforma a vida dele e das pessoas que cuida.

Trabalho:

Enfim, o meu trabalho é dar resultados, por isso hoje com tanta concorrência, cada vez mais precisamos estar atualizados e atender as exigências do mercado, mas também saber ser um bom profissional.

Instagram: https://www.instagram.com/elisabete_candiotto/

Estética e beleza na Savassi. Por Elisabete Candiotto

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.