Frutas vermelhas: tudo que você precisa saber

  • por em 26 de dezembro de 2020

Queridinhas por muitos, e desejada por outros, as frutas vermelhas sempre dão o que falar.

Antes de tudo, deixe de lado aquela ideia de que as frutas são só lindas e saborosas. Elas vão além disso: são ricas em nutrientes importantes para o nosso dia a dia.

Outro detalhe importante, é que mesmo com o nome de “frutas vermelhas”, nem todas elas têm essa coloração.

Maçã, uva, melancia e ameixa são frutas vermelhas?

Você talvez vai ficar chocado com essa informação, mas sim. Além dessas, você também pode incluir a acerola e até a goiaba.

Do mesmo modo que as demais tem propriedade antioxidante, combatendo o envelhecimento precoce das células. Isso sem contar das fibras, que são capazes de regular o intestino.

Como consumir frutas vermelhas de forma saudável?

Essa é a resposta mais fácil que podemos te dar. À princípio, você vai precisar se preocupar com a variação dessas frutas.

Como as opções são muitas, você terá que escolher entre as que mais gosta ou aquelas que cabem no seu bolso. E, cá entre nós, muitas vezes, é possível fazer as duas coisas.

Apesar de serem boas, as porções na sua semana devem aparecer entre três e cinco vezes. Contudo, lembre-se de pedir ao seu nutricionista para verificar.

Qual a fruta mais rica em antioxidantes?

É na amora que você vai encontrar o resveratrol, antioxidante flavonóide, capaz de regular e até ajudar a reconstruir vasos sanguíneos.

Mas é importante frisar que todas as outras frutas têm ação antioxidante. E não só nelas.

É possível até deixar de lado alguns cremes e rugas, unindo, claro, com alimentação saudável e prática de exercícios físicos.

Quais são as frutas vermelhas exóticas?

Em outras palavras, frutas exóticas são aquelas que têm uma origem diferente. Por exemplo, aqui no Brasil a lichia vem da China.

Juntamente com ela, outra fruta vermelha exótica é a pitaya, o romã e o rambutão.

Como congelar frutas vermelhas?

Por fim, aquela dica essencial para aproveitar ao máximo e congelá-las por no máximo 01 semana.

Tenha em mente que você deverá lavá-las antes do procedimento. Dependendo da fruta, você pode cortar em pedaços ou deixá-las inteiras, como é o caso do morango.

Portanto, use um pote separado para fruta, e, se precisar, vá fazendo camadas com papel para ir separando os níveis.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments