Pirâmide alimentar: OMS indica diretamente o que comer para manter a saúde em dia

Pirâmide alimentar OMS indica diretamente o que comer para manter a saúde em dia

Primeiramente, você já viu em algum lugar a imagem de uma pirâmide recheada de alimentos.

Por que indicava de maneira bem lúdica o funil ideal de uma alimentação balanceada.

Acima de tudo todo esse conceito se trata da pirâmide alimentar guiada pela Organização Mundial da Saúde, que tem o papel de, com representações gráficas, apresentar informações básicas sobre grupos alimentares.

Confira dicas de alimentação no nosso site: https://lifestyle.uai.com.br/saude/alimentacao-pos-treino-confira-5-dicas-dos-melhores-alimentos-para-se-recuperar/

Dessa forma, torna-se prioridade ajudar a população em geral a compreender quais a porções ideais.

De fato dentro de um conceito nutricional de alto nível, de cada alimento.

Em resumo pelo mundo há diversas versões da pirâmide alimentar. Sendo que, no Brasil, ela teve origem em 1999, porém com importantes mudanças ao longo do tempo.

Isso ocorreu como foco de adequação aos hábitos dos brasileiros e reestruturação regional de todo o país.

A ideia central aqui é baseada em uma dieta de 2 mil calorias, com a
integração dos oito grupos básicos de alimentos.

Primeiro nível (base da pirâmide):

grupo dos cereais, tubérculos, raízes. Aqui entram pães, massa, batata e mandioca. Nesse caso, o ideal de consumo não pode passar o de seis porções por dia, ou seja, 900 calorias.

Segundo nível:

grupo das hortaliças e grupo das frutas. Coma três porções por dia, o que
gera cerca de 45 calorias. Sendo que no caso das frutas, as calorias chegam a 210, com frequência em três vezes.

Terceiro nível:

grupo do leite e produtos lácteos, grupo das carnes e ovos, grupo das
leguminosas e oleaginosas.

Aqui é importante usar a diversidade para conquistar energia. Mas é bom saber que carnes e ovos possuem 190 calorias (uma porção dia), sendo que
leite, queijo e iogurte 369 calorias (três porções no dia).

Já os feijões e oleaginosas rendem 55 calorias, a cada porção. Enquanto os óleos e gorduras, uma porção por dia 73 calorias.

Quarto nível:

entretanto em todo esse cenário, é importante ficar de olho aos açúcares e doces, que uma porção por dia representa 110 calorias.

Em síntese. Que tal se alimentar bem, sem industrializados, fast-food e conquista o bem-estar?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.