7 rappers brasileiros que todos deveriam ouvir

  • por em 17 de fevereiro de 2021

7 rappers brasileiros que todos deveriam ouvir

Antes de tudo, se você acompanha a cena hiphop brasileira, muitos nomes do universo do rap devem ser familiares ao seu repertório. Certamente, cada um dos fãs deve ter uma lista com a relação dos expoentes do gênero. Portanto, entre talentos e peculiaridades, há uma seleção com os artistas mais importantes do movimento.

Djonga

Primeiramente, nascido e criado em Belo Horizonte, o rapper figura como um dos principais nomes do universo hiphop no Brasil. Entretanto para se ter ideia, Djonga quebrou barreiras ao ter ganhado uma indicação ao BetHipHop – premiação internacional do gênero.

Inclusive, há que se ressaltar o pioneirismo.

Suas letras não fogem à regra e endossam as críticas sociais acerca das desigualdades, da violência e do racismo.

Baco Exu do Blues

Outro nome forte é o do soteropolitano Baco Exu do Blues. Reconhecido por ninguém menos que Jay-Z e Beyoncé, o rapper baiano já ganhou prêmio em Cannes – mais precisamente o GrandPrix, do Cannes Lions.

Bluesman é considerado por muitos um divisor de águas na carreira de Baco, pois o segundo álbum foi aclamado pelo público e pela crítica.

Aliás, em 2018 foi eleito o melhor disco do gênero. Hoje, Baco Exu do Blues é parada obrigatória para quem deseja conhecer o hip hop atual.

Rincon Sapiência

O experiente rapper paulistano Rincon Sapiência é visto como o mais brasileiro de todos os rappers. Afinal, o artista não abre mão das influências nacionais para compor suas músicas.

Rincon Sapiência traz uma estrada consolidada no movimento, o que o permite a transitar pelo rap e o trap sem perder a verdadeira essência de suas criações. Com isso, a crítica política merece destaque como uma de suas marcas artísticas.

Flora Matos

A brasiliense Flora Matos protagoniza um importante papel no universo hip-hop, pois ainda há uma presença maior dos homens no movimento. No entanto, a artista mostrou a que veio.

Com letras fortes, Flora Matos representa muito bem a mulher no rap. Além disso, a comunidade LGBTQIA+ se vê em suas músicas. Outro aspecto importante é o papel político que Flora exerce em suas composições e posicionamentos.

Mariana Mello

A rapper de Santos também é outra presença feminina no universo hiphop. O sucesso de Mariana Mello nasceu na internet em 2016. Depois disso, extrapolou os limites do virtual e ganhou espaço em outros meios.

Com batidas melódicas, as letras tratam de questões existenciais, machismo e outros temas constantemente debatidos na sociedade. Excelente na rima, Mariana Mello também transita entre o rap e o trap.

Akira Presidente

O artista carioca traz em suas batidas melódicas e seus improvisos todo o talento e a pegada do mundo hiphop.

Rimas alucinantes, também conhecido pela habilidade de dominar flows de maneira incrível. Um dos diferenciais é a referência do cantor à cultura japonesa. 

Hot e Oreia

Mesmo que a dupla mineira tenha chegado ao fim recentemente, o som dos caras representa uma importante fase do movimento hiphop. Dotados de um humor bem característico, os artistas fizeram bastante sucesso e simbolizam a originalidade no universo do rap.

7 rappers brasileiros que todos deveriam ouvir

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Life Style
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments