A música mais relaxante do mundo

  • por em 19 de fevereiro de 2021

A música mais relaxante do mundo

Em primeiro lugar, como você está? Por acaso percebeu um aumento significativo do estresse e da ansiedade durante a pandemia? Saiba que existem muitas pessoas na mesma situação. Com isso, a qualidade do sono pode sofrer influência. Consequentemente, as atividades diárias também tendem a ficar prejudicadas.

No entanto, alguns indivíduos garantem que esse cenário de irritabilidade, insônia, estresse e ansiedade foi modificado por meio de uma música.

(Padamasana)

Música transmite tranquilidade

Inicialmente, o nome da canção é bem sugestivo: Weightless, o que em tradução livre significa Sem Peso. Dessa forma, já é possível esperar que o efeito seja realmente eficaz.

Seja como for, Weightless fez parte de um experimento que corrobora com o poder que a música tem para tranquilizar as pessoas.

Em outras palavras, a música foi responsável por reduzir o quadro de estresse dos participantes do levantamento.

Produzida pela banda britânica Marconi Union em parceria com terapeutas, Weghtless tem 8 minutos de duração. Além disso, a canção conta com uma batida bem lenta e apresenta pequenas variações, mas nada que tire a pessoa do estado de tranquilidade.

Estudo mediu nível de estresse

Ao todo, 40 pessoas participaram do experimento. Com isso, o estudo consistiu em monitorar os participantes enquanto tentavam montar um quebra-cabeças de nível avançado.

Ao executar a música, o nível de estresse dos indivíduos caiu em 65%. Além disso, vale ressaltar que o objetivo de Weightless é promover o controle da pressão arterial e reduzir os níveis de cortisol.

Como escutar a música?

Se você ficou interessado em conhecer essa música poderosa, saiba que é possível encontrar Weightless na internet. Basta procurar no Google e verificando os links disponíveis

De qualquer forma, vale a pena experimentar e buscar alternativas que propiciem a tranquilidade.

A música mais relaxante do mundo

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments