Jipeiros: life style e adrenalina

Então você pega a estrada cedo da manhã, ou passa por um posto de gasolina ou outro ponto de encontro qualquer.

Inicialmente vê vários jipes adesivados e prontos para seguir em comboio para mais uma trilha e muito barro. 

E assim, não há trilha sem água, barro e poeira e isso é delicioso. Mas jamais use camiseta branca, aliás, porque vai voltar vermelha.  

Diferentemente das competições como o Rally dos Sertões, uma trilha leva, também, a caminhos de desafio e uso de estratégia,.

Mas permite paradas para curtir o visual, tirar algumas fotos, cair numa cachoeira ou ficar numa cidade. 

Lucas Machado entrevista a recordista brasileira de paraquedismo. Fotos; https://lifestyle.uai.com.br/byoo-historias/entrevistas-lucas-machado/lucas-machado-entrevista-a-recordista-brasileira-de-paraquedismo-fotos/

Assim, é possível encontrar grupos de jipeiros de Norte a Sul do País e muitos ultrapassam seus estados para procurar novas aventuras em outros Estados e outros países.

Descer até o Ushuaia ou o deserto do Atacama é uma meta. 

Normalmente vestidos de calça ou bermuda cargo, boné ou chapéu, bota de trekking, camiseta escura, às vezes colete, muita água e aliás, cabo para resgatar ou ser resgatado e um tanque cheio, estão prontos para desbravar. 

Região metropolitana de Belo Horizonte (Glaura, São Bartolomeu, Itabirito, Uaimii), Bonito, Monte Verde, Pantanal, Canyons e Serra Gaúchos, Serra da Bocaina, Itu, Penedo e Mauá, definitivamente são destinos brasileiros certos. 

Assim, a adrenalina de acionar o 4×4, subir uma pedra, descer um morro ou literalmente nadar com o jipe, elevam a adrenalina ao máximo.

O companheirismo dos jipeiros fica claro. 

Atoleiro

Certamente, não só um GPS, mas o companheirismo, são fundamentais: o auxilio para passar pelo obstáculo, a ajuda para sair do atoleiro ou desvirar o carro, a comemoração no fim do dia e a troca de fotos e experiências. 

Uma trilha traz ótima visão de estratégia, liderança e solução de problemas que auxiliam executivos e empreendedores.

Adrenalina, serotonina e a endorfina

Além disso, a adrenalina, a serotonina e a endorfina liberados pelo corpo reduzem o estresse e a ansiedade.  

Liberados, assim, os hormônios, a circulação do sangue e a saúde do coração melhoram.

O ar puro da natureza melhora a qualidade do ar dos pulmões e a redução do cortisol ajuda a emagrecer e dormir melhor. 

Quer saber mais? O trabalho em equipe de uma trilha cria vínculos mais fortes, auxilia no trabalho profissional e ainda permite o aumento das amizades e do network. 

Existem, pois, grupos de jipeiros pelo Brasil, que trocam experiências pelas redes sociais, se encontram para bate voltas e bate ficam e se apoiam nas estradas e trilhas. Esse é o espírito. 

Não importa a idade (desde que seja maior de 18 anos) e o sexo, a aventura é garantia e o respeito ao piloto e ao co-piloto são regra.

A irmandade é sem dúvida um dos ingredientes desse estilo de vida de barro, terra, adrenalina e alegria. 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.