Pedro Barros: skatista voa em eliminatória nos EUA e garante vaga nas olimpíadas

Pedro Barros: skatista brasileiro nas olimpíadas

“Eu vim de skate, sou guerreiro do asfalto…” Chorão é o poeta contemporâneo que falou como ninguém da beleza da vida traçada sobre as rodas e manobras do skate.

Mas o grande artista não viveu para ver o esporte que ele tanto amava chegar até as Olimpíadas.Ao mesmo tempo o interesse de levar a prática para os jogos, já existe desde 2006.

Contudo, será apenas neste ano, que as rampas do mundo conhecerão o esporte que atrai uma legião de apaixonados. O Brasil será bem representado nos jogos do Japão.

Pedro Barros: skatista brasileiro na olimpíadas

No entanto a novidade agora é com o passaporte de Pedro Barros para as Olimpíadas deste ano. Após a disputa das preliminares nos Estados Unidos, o skatista está confirmado para Tóquio.

Antes de mais nada, importante lembrar que outros feras do esporte no Brasil disputaram com Pedro: Luiz Francisco, Pedro Quintas e Pedro Carvalho. Porém, Barros estava em noite inspirada e voo.

Além dele, outros esportistas brasileiros já têm vaga garantida, como Luiz
Francisco, Dora Varella, Isadora Pacheco e Yndiara Asp.

Foco feminino para disputa

As meninas se derretem em sorrisos, após a classificação. Aliás, Yndiara pontuou muito bem sobre o momento em depoimento à Confederação Brasileira de Skate.

Segundo ela, desde 2018, elas seguiam na corrida olímpica. Muita coisa
aconteceu, veio a pandemia. E ela explicou que foi um ano inteiro sem competir.

“De repente surge essa competição como a última classificatória. Foi um mix de emoção, de tensão, de nervosismo […]. E consegui. Nossa, deu um alívio e uma felicidade muito grande de fazer o que eu vim fazer, o meu propósito”.

Eles vão competir na modalidade Park – que é um ambiente com pistas construídas para as manobras.

O fim das seletivas

A preliminar que Pedro conseguiu a classificação ocorreu em Des Moines. O evento marcou como a última seletiva da modalidade Park, antes dos jogos. Ou seja, quem não entrou já era.

Mas no fim deste mês, os praticantes da modalidade street poderão testar as
habilidades, em Roma, na Itália.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments