Receita de rabanada ao forno

  • por em 15 de março de 2021

Receita de rabanada ao forno

Primeiramente, está enganado quem disse que rabanada só funciona no fim de ano. Esse é um prato que combina em qualquer época do ano. Ainda mais se tiver pão amanhecido em casa sobrando.

Em seguida, foi pensando nisso que a gente trouxe uma receita de rabanada de forno, que inclusive é um sucesso na redação da YOOMAG.

Você não precisará mais de 20 minutos para preparar, além do tempo de assar da própria rabanada. Ideal para ser feita num domingo da preguiça.

+Receita de rabanada de panetone

+Rabanada recheada com chocolate. Confira nossa receita

Ingredientes da receita de rabanada ao forno

10 a 15 pães amanhecidos

1 lata de leite condensado

2 latas de leite (pode usar a mesma lata de leite condensada como medida)

6 colheres de sopa de açúcar

2 colheres de sopa de canela

manteiga a parte

Modo de preparo

Para começar, misture o leite condensado com o leite em uma tigela.

Depois disso, corte o pão em fatias da espessura de um dedo e passe na tigela com o leite e leite condensado;

Unte uma forma com um pouquinho de manteiga e vá colocando os pedaços de pães distantes um do outro. Polvilhe um pouquinho de açúcar e canela sobre cada pedaço;

Ao mesmo tempo, pré-aqueça o forno a 180° por no mínimo 15 minutos.

Por fim, coloque os pães para assar por 10 minutos, observando para que não fiquem torradas. Vire do outro lado quando dourar um pouco.

Você pode polvilhar um pouco mais de açúcar e canela ao servir.

Origem da rabanada

Aqui no Brasil, a rabanada ganhou esse nome, mas ela também é conhecida em Portugal como fatias douradas ou fatias de parida.

Entretanto, não é certeza de que a rabanada seja de origem portuguesa. Isso porque é muito incerto o seu local principal, já que existia receitas parecidas na Inglaterra, EUA e na França.

O que se sabe, no entanto, é que ela foi criada para garantir que o pão tenha mais tempo de vida, já que ele seria renovado em uma nova receita.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.