Malhe em casa: exercícios para endurecer pernas e glúteos

Exercícios para endurecer pernas e glúteos.

O que dá para fazer em 15 minutos? Preparar um lanche, assistir a um vídeo no YouTube e, principalmente: malhar. E pode ser em casa.

Você não vai mais precisar arranjar desculpas para não se exercitar. Ou seja: essa não cola mais.

Nesse sentido, listamos alguns exercícios que você pode fazer em casa para tonificar os glúteos e as pernas.

Exercícios para endurecer as pernas e glúteos.

O afundo

Com certeza você já deve ter feito esse exercício alguma vez. Ele consiste em você dar um passo à frente, flexionar o joelho de uma perna, enquanto você irá descer o joelho da outra perna em direção ao chão.

Fique atento para não apoiar o seu pé de trás de uma maneira que fiquem no mesmo rumo, eles precisam ficar um pouco afastados para que você consiga se equilibrar.

Faça três séries com quinze repetições cada em cada perna.

Afundo alternado

Esse não tem segredo. Você fará o afundo e vai alternar as pernas em uma única série. Portanto, vai precisar fazer 20 repetições em três séries.

A intenção desse exercício é acelerar ainda mais o seu metabolismo.

Alongamento de glúteos

O alongamento de glúteos é até um pouco engraçado ao fazê-lo, pela questão do equilíbrio, mas é uma maravilha para o bumbum.

Você vai precisar se equilibrar de uma perna só, cruzando a outra perna para acima do joelho. Se apoie com as mãos.

Agachamento comum

Nesse dia, até falamos do desafio do agachamento, e vamos citar esse exercício porque faz parte do combo para deixar o bumbum durinho.

Primeiramente, afaste seus pés no rumo da linha dos ombros, erga os braços para ajudar no equilíbrio e se agache como se fosse sentar. Mantenha a coluna reta para não ter problemas com a lombar.

Turbine seus resultados

Acima de tudo, você precisa entender que para obter seus resultados, é preciso deixar de lado alguns costumes ruins, como a ingestão de açúcar, carboidratos e alimentos gordurosos em geral.

Alie essa lista de exercícios com outros, como treino funcional, aeróbico e muito mais. Sempre indicamos, inclusive, que você vá ao médico para entender mais sobre o seu corpo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.