7 alimentos que acabam com a barriga

7 alimentos que acabam com a barriga

A gordura abdominal é uma das grandes queixas de homens e mulheres. Além disso, ela é indício de doenças, como problemas cardiovasculares.

Obviamente, não existe mágica para eliminar a gordura na barriga. Contudo, atividade física e alimentação correta são caminhos necessários para livrar você do excesso.

Nesse sentido, vale a pena introduzir alguns alimentos na dieta. Isso porque, eles têm ação termogênicos e ajudam na função antioxidante do organismo.

Para ajudar nesse processo, listei 7 itens que vão tirar a gordura do seu corpo. Por isso, vale a pena consumi-los diariamente e fazer deles um hábito de alimentação.

Conheça os alimentos que tiram a gordura

1 – Chia

A semente de chia é um item obrigatório na alimentação. Por isso, pense nos ingredientes como a solução do temperinho da salada, por exemplo.

2 – Temperos

A mostarda, canela, gengibre e pimenta elevam a temperatura do corpo em 20%. Sendo que as pimentas, também ajudam a controlar o efeito do corpo.

3 – Azeite

O azeite é fonte de gordura boa. Além disso, desacelera a velocidade em que os carboidratos são inseridos. Isso diminui o estoque de gordura no organismo.

4 – Probióticos

Esses alimentos são à base de bactérias vivas. Portanto, eles ajudam diretamente no funcionamento do intestino e agem na diminuição da gordura abdominal.

5 – Abacate

Esse alimento é rico em glutationa, uma substância que equilibra os níveis de cortisol no corpo. Até porque, em excesso, esse hormônio prejudica qualquer dieta e a perda de peso.

6 – Óleo de coco

Ele age diretamente no equilíbrio do organismo e ajuda no funcionamento da glândula tireóide. Além disso, tem ação antioxidante e anti-inflamatória que elimina a gordura da barriga.

7 – Vinagre

A substância ácido acético está presente no vinagre. Enfim, ela acelera o metabolismo e ainda evita picos de insulina no sangue. Tudo isso inibe o apetite e, consequentemente, a perda de peso.

O ideal é consumir até duas colheres na água e antes das principais refeições.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.