Dieta sem glúten derrete gordura corporal e chapa barriga

Dieta sem glúten derrete gordura corporal e chapa barriga

No Brasil, cerca de 2 milhões de brasileiros têm intolerância à proteína encontrada no trigo, que é responsável por causar a doença celíaca

Autoimune, a enfermidade ataca a parede do intestino, prejudica a ingestão de alimentos e, assim, toda a absorção de nutrientes para o corpo.

Mesmo aqueles que não são celíacos, os efeitos do consumo excessivo de glúten no corpo não é legal.

Confira algumas receitas e dietas no nosso site: https://lifestyle.uai.com.br/saude/cortou-o-gluten-proteina-nem-sempre-precisa-ser-retirada-da-dieta/

Primeiramente, pare um pouco e observe, por exemplo, a sua barriga depois do consumo de umas cervejinhas no fim de semana ou depois de se espaldar não farinha branca do pãozinho francês.

Percebeu como o seu abdômen fica mais extenso após o consumo de alguns alimentos? Esse, inclusive, é o poder (nada amistoso) do glúten.

Opções saudáveis

No caso das pessoas que optam pela dieta que se baseia na retirada do glúten da alimentação, a proposta inicial é a busca pela gama de opções saudáveis, que não contém o ingrediente na composição.

Confira algumas receitas e dietas no nosso site: https://lifestyle.uai.com.br/saude/pao-de-aveia-e-canela-receita-low-carb/

Como perder peso e ter vida saudável?

Antes de mais nada comida de verdade é a tendência do momento. Portanto, nesse planejamento alimentação o consumo de feijão, frutas, peixe, carnes, legumes, nozes e sementes são liberados.

Mas é muito importante observar detalhadamente todos os itens descritos nas embalagens dos alimentos, já que eles podem ter sido empanados com algum tipo de produto com glúten na composição.

A dieta é muito possível de ser aplicada e o mais importante é ficar atento às substituições necessárias, como o arroz e a batata.

Entretanto quanto à maisena ou farinha de arroz, batata ou grão de bico podem ser utilizados no lugar da farinha de trigo.

Sobretudo nas prateleiras é possível encontrar variáveis de pães, salgados e comidinhas bem gostosas para encarar a maratona de uma vida mais leve e equilibrada.

Então, pense no seu plano alimentar e utilize 12 alimentos sem glúten na composição:

Frutas;

Legumes e verduras;

Carnes e peixes;

Farinha de arroz, mandioca, amêndoa, milho, feijão, ervilha, soja, inhame;

Arroz, milho, amaranto, araruta, trigo sarraceno, quinoa;

Amido de milho (popular maisena);

Tapioca;

Fécula de batata;

Polenta;

Sal, açúcar, chocolate em pó, cacau;

Gelatina;

Óleos, azeite, manteigas e margarinas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.