O que e a alimentação plant based? Como ela funciona?

O que e a alimentação plant based? Como ela funciona?

Já ouviu ou leu por aí algo relacionado à alimentação plant-based? Mesmo
que não seja seu foco de interesse, provavelmente, o termo já passou pela sua frente em algum momento da sua vida. Mas você sabe o que de fato ela
significa?

Então, se trata de um estilo de alimentação na qual os vegetais e alimentos são consumidos de maneira mais natural possível, sem processamento ou formas refinadas. No entanto o conceito engloba sustentabilidade, bem-estar, saúde, nutrição e criatividade.

Confira nossas receitas de alimentos naturais: https://lifestyle.uai.com.br/saude/beneficios-da-couve-saude-imunologica-e-emagrecimento/

O foco em grãos e vegetais tem também o objetivo de diminuição do consumo da proteína animal durante as refeições, além da nutrição de todo o organismo. Ao contrário do que muita gente acredita, a plant-based não é uma dieta vegana ou vegetariana. Até porque, ela permite o consumo de carnes magras, como frango, peixe, leite, ovos e derivados.

Alimentação plant based

Em síntese a ideia é de um consumo moderado dessas proteínas, o que tem
relação direta com a prevenção de doenças cardíacas, por exemplo. Dentro de todo esse cenário, de acordo com especialistas, o grande ponto positivo desse modelo de alimentação primeiramente é sobre o aumento do consumo de alimentos verdes.

O impulso de todo esse mercado tem respaldo de pesquisas da líder global em dados, Kantar Worldpanel. A organização mostra que cerca de 86% dos
alimentos verdes são consumidos por pessoas não adeptas ao veganismo.

Número que mostra o potencial de um mercado ainda pouco explorado.
Potencial encabeçado por pessoas que se encaixam ao “flexitarianos” – pessoas que gostam da alimentação verde e optam, em alguns casos, pela substituição de proteína animal ou laticínios por produto à base de planta.

Por isso, produtos naturais têm impulsionado o mercado, assim com uma
representatividade que chega a 12,7%, em relação ao ano de 2018. Mercado
que entre 2016 a 2018 aumentou em 24% o lançamento de novos produtos no Brasil.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.