10 mulheres brasileiras mais poderosas

Mulheres brasileiras. Se as mulheres americanas ocupam mais o ranking da Forbes das 100 mulheres mais poderosas do mundo.

Mulheres brasileiras

E deixando aliás a Diretora Financeira da Petrobras, Andrea Marques, figurando em 77º lugar, o Brasil precisava de uma lista.

Pensar que o Brasil ainda é visto como um país grandes problemas de igualdade de gênero.

Diferenças

Não apenas só com diferenças salariais, mas com assédio sexual e moral e oportunidades de ascensão profissional, certamente entristece.

Mulheres brasileiras ainda possuem dificuldade de ocupar espaços originalmente masculinos, muito pela própria cultura arraigada em nosso País, o que decerto impacta nesse cenário.

Contudo, com os movimentos sociais muitas empresas tem se engajado não só para contratar mais mulheres como para manter salários iguais e oferecer oportunidades de promoções, coibindo o assédio e o tratamento desigual.

Fórum Econômico Mundial

Segundo o Fórum Econômico Mundial de 144 países que apresentam maior igualdade de gênero o Brasil ocupa a 95ª posição, demonstrando que não só na iniciativa privada, mas na política, ainda há uma discrepância.

De acordo com a Revista Forbes, então, foram eleitas as 10 mulheres brasileiras mais poderosas:

Andrea Marques de Almeida

figura como uma das 100 mulheres mais poderosas do mundo por ser Diretora Financeira da Petrobrás e igualmente figura como uma das mulheres mais poderosas do Brasil.

Tereza Cristina Correia da Costa Dias

Ministra da Agricultura e do Abastecimento, responsável por chefiar todos os planos da pasta que com certeza representa uma das maiores bases da economia do Brasil

Cristina Junqueira

Co fundadora e Vice-Presidente do Nubank certamente mostrou a que veio, posando para a revista 3 dias antes do parto de sua filha. De Ribeirão Preto, tem 36 anos.

Adriana Barbosa

Empreendedora social. Aliás, uma mulher negra em destaque. Presidente do Instituto Feira Preta e Co-fundadora do Black Codes Consults.

Anitta

Certamente você talvez não soubesse que além de cantora e compositora a jovem é empresária e uma das maiores influenciadoras do Brasil.

Camila Coutinho

Influenciadora Digital e Empresária. Igualmente essa também jovem brasileira é detentora de uma legião de seguidores no Instagram por ser influenciadora e por isso disputada por marcas e eventos.

Carolina Ignarra

Cofundadora da Talento Incluir. Aliás. ninguém melhor do quem sente “as dores” para representar uma massa da população que precisa urgentemente de inclusão. Ela é cadeirante e sua empresa presta consultoria.

Cláudia Woods

Diretora Geral da UBER, conhecida, contudo, também por defender a maior participação de mulheres na empresa.

Daniela Cachich

Vice Presidente de Marketing da PepsiCo Foods Brasil. Definitivamente detém o poder já que sob seus olhares atentos e competentes estão todas as campanhas da marca.

Marcia Barbosa

Doutora em Física, membro da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Mundial de Ciências. Essa gaúcha de 60 anos, aliás, se destaca pelo trabalho e luta pelo espaço da mulher nas ciências.

As mulheres mais poderosa do mundo na atualidade: https://lifestyle.uai.com.br/empreendedorismo/10-mulheres-mais-poderosas-do-mundo-na-atualidade/

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.