São Silvestre: corrida adiada para Dezembro

São Silvestre: corrida adiada para Dezembro

Primeiramente no Brasil, algumas coisas se tornam parte da tradição. Falo da oportunidade de juntar a família.

A prova de rua mais famosa do Brasil é também uma força entre competidores do exterior. Prova disso são os números de atletas que se unem em um ritmo legal demais.

Mas a pandemia da COVID-19 trouxe algumas incertezas. Uma delas é em relação à corrida. Inicialmente o evento tinha sido transferido para junho deste ano.

Contudo, nesse prazo a população brasileira não estará vacinada. A ideia é
organizar o evento, como de costume. Ou seja, pessoas juntos e a troca pessoal que o brasileiro ama.

São Silvestre passa para dezembro

“Antes, a data tinha sido transferida para o meio do mês. Mas já estamos
trabalhando internamente para o evento em dezembro”, falou a organização em nota oficial.

Assim, a Corrida de São Silvestre foi mudada mais uma vez. A pandemia da COVID-19 durou muito mais do que muita gente imaginava. Por isso, é impossível pensar na viabilidade de um esporte de contato direto.

Ano passado, a organização da corrida tinha esperança da realização da prova no dia 11 de julho. Porém, com a falta de política de vacinação e crescimento dos casos de Covid-19 ficou impossível a viabilização de ventos grandes.

Vacinação lenta no Brasil

A mudança para dezembro conta com a ideia que a população estará vacinada até lá. Contudo, o Brasil segue no 63º lugar na aplicação de vacina, no ranking mundial.

Porém, a esperança é uma das principais características do brasileiro, que não desiste nunca.

Para quem não se lembra, o país iniciou o programa de vacina há quatro meses.

Contudo, segundo fontes da CNN Brasil, por aqui são 30,08 doses aplicadas a cada 100 habitantes.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.