Emicida lança novo documentário

Emicida lança novo documentário

Quando Emicida e Evandro Fióti compuseram a letra da canção “Levanta e anda”, eles não tinham noção do impulso que dariam na vida de muita gente. A verdade é que as histórias dos irmãos elevaram o rap nacional. Tanto que, para muitos críticos, o rap existe na versão antes e após-Emicida.

A grande prova que não é exagero pensar assim são os prêmios que validaram o rapper como um gigante na música. Vencedor do Grammy Latino e indicado ao BET Awards ele é a materialização de que realmente “a favela venceu”.

Fióti é irmão, compositor e empresário de Emicida. Juntos, eles idealizaram importantes projetos no meio artístico. Sendo que a produtora Laboratório Fantasma, que nasceu com foco na valorização da cultura negra e periférica.

A proposta é diversa e traz atuação em diversas áreas, como audiovisual, moda, produção de engenhos e produtoras. Aliás, foi assim que Fióti e Emicida traçaram a atuação durante os dias de pandemias.

Reinvenção na pandemia

Até porque, o setor artístico sentiu diretamente os efeitos econômicos durante os dias de pandemia da COVID-19. Os irmãos, que cresceram no bairro Jardim Ângela, periferia de São Paulo, fundaram a LAB, em 2009. Tudo isso com a prioridade de levar entretenimento para a “quebrada”.

Contudo, o que parecia uma grande utopia se tornou projeções quase impossíveis em tempos de pandemia. Então, como de costume, eles precisaram se reinventar. Já que se tornou impossível levar entretenimento por meio de shows e apresentações presenciais.

Então, eles voaram e encontraram uma lacuna. Tudo graças à sagacidade do favelado, como Fióti contou em entrevista recente. Desse modo, trouxeram para perto grandes marcas. A partir da proposta audiovisual eles mais uma vez (re)surgiu e o documentário.

Assim, a sequência tão bem falada do álbum “AmarElo” nasceu. O desdobramento foi lindo e contou com documentário e show ao vivo no Netflix, além de podcast e série documental no GNT.

Mas você acha que acabou? Não mesmo! Os irmãos voltaram ao centro das atenções. Ainda em agosto, no dia 18, a série documental no canal GNT: “Enigma da energia escura”. Vai perder? Eu já ativei o lembrete do meu celular e estou ansioso.

Emicida lança novo documentário

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.