Basquete: Times masculinos e femininos se enfrentam pela primeira vez

Um movimento arrojado no evento de basquete All- Star Game trouxe uma disputa surpreendente entre times masculinos e femininos de basquete, com jogadores americanos que se enfrentaram nesse último dia 28/07/2020.

Batalha épica

Com certeza foi a batalha épica, unindo uma grande paixão americana que é o basquete e a disputa entre os sexos que inclusive foi transmitida pela primeira vez em televisão, no pay-per-view.

Certamente quem é aficionado pelo esporte e teve a oportunidade de andar pelas quadras de basquete espalhadas pelos Estados Unidos, deve ter visto times mistos ou até mesmo times femininos e masculinos uns contra os outros.

Contudo, essa novidade jamais foi pensada para fora das atividades físicas de escolas e faculdades ou brincadeiras de rua, muitas vezes levadas a sério. O criador do basquete, James Naismith jamais poderia ter imaginado algo assim.

Mas essa não foi a primeira batalha travada entre os sexos no esporte, que sacudiu as estruturas americanas.

Em 1973, Billie Jean King derrotou Bobby Riggs numa inesquecível batalha dos sexos nas quadras de tênis americanas.

Dessa forma, a disputa denominada Men vs Women Basketball All-Star Game, realizado no dia 28 de julho desse ano, contou com 5 jogadores, grandes estrelas do esporte, de cada lado (cinco principais e cinco reservas).

No entanto cada time possuía um técnico sendo o líder do time masculino Mike Bibby (ex jogador do Sacramento Kings) e a líder do time feminino Cynthia Cooper, ex jogadora e membro do Hall da Fama do WNBA.

Aliás, essa disputa faz parte do evento que acontece na cidade de Las Vegas, The 5 Tournament pro Basketball Invitational, ocorrido na segunda quinzena de julho, criado para ser uma grande atração para os fãs desse esporte.

Outra novidade, além disso, foram todos os cuidados adotados pelos organizadores para manter a segurança da saúde dos atletas e demais envolvidos no evento, já que ele ocorreu durante a pandemia do Covid-19.

Basquete

Então a chamada Battle Hoopquality – Talento não tem gênero, mostrou lances incríveis, jogadas de tirar o fôlego e enterradas espetaculares provando que de fato, que talento não tem gênero e dá show.

O resultado foi apertado, enfim, 91 para The 5 (time masculino) e 81 para Virago 5 (time feminino), mostrando uma belíssima partida. 

Confira aqui:

https://www.the5tournament.com/

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.