Basquete 3X3 brasileiro esta fora das olimpíadas

Basquete 3X3 brasileiro esta fora das olimpíadas

As Olimpíadas do Japão estão batendo à porta. Nesse sentido, a torcida para os atletas brasileiros vai unir o país. Mas, infelizmente, o grito não terá os jogadores de basquete 3X3, já que eles não conseguiram vaga.

Na última chance de ir ao Japão, o Brasil perdeu para a França. O resultado trouxe lágrimas e deixou o time de basquete fora dos jogos.

A partida disputada na cidade de Graz (Áustria) fazia parte do pré-olímpico. A partida com resultado de 21 a 19 foi decidida no VAR, numa última bola.

Por muito tempo o time brasileiro esteve à frente do placar. Contudo, não segurou o resultado. Até que no fim da partida a França acertou duas bolas seguidas.

Treinador basquete 3X3

O treinador do basquete 3X3 é Douglas Lorite. Esse formato de time conta com três jogadores (como o nome mesmo sugere), além de mais um substituto.

A equipe brasileira é composta pelos jogadores Jonatas Mello, André Ferros, Jefferson Socas e Fabrício Veríssimo. Durante o pré-olímpico, eles começaram com vitórias.

A primeira foi contra a Turquia (21 a 6). Em seguida, a República Tcheca (21 a 14). Contudo, perdeu pontos preciosos que não poderia.

No embate contra a Polônia os brasileiros não saíram vitoriosos. Entretanto, na disputa contra a Mongólia, o time de Douglas levou a final e garantiu a vaga nas quartas de finais.

França tira Brasil dos jogos do Japão

Durante o jogo contra a França, o Brasil jogou como nunca. Aliás, esse foi um dos grandes apontamentos da crítica especializada.

O time masculino do Brasil só havia ganhado partidas em campeonatos mundiais. Mas no pré-olímpico os jogadores brasileiros fizeram história.

Apesar de a vaga não ter saído este ano, a vaga para as Olimpíadas do Japão não veio este ano. Porém, competir e chegar até tão longe pode ser considerado, sem dúvidas, uma vitória para esse grupo.

Basquete 3X3 brasileiro esta fora das olimpíadas

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.