Crepioca de pão de queijo

  • por em 18 de fevereiro de 2021

Crepioca de pão de queijo

Que os pães vendidos em mercados mercados são práticos e fáceis todo mundo já sabe. Mas e preparar o seu próprio lanche do café, com que frequência você faz?

Antes de mais nada, não precisa responder a essa pergunta. Isso porque já viemos com uma solução. É uma receita prática de crepioca que lembra até o pão de queijo, com suas particularidades, claro.

Assim como o pão de forma, essa receita é super prática e você pode prepará-la em menos de 10 minutos.

Desse modo, você não vai ter desculpas para dizer que é complicado e tem preguiça. Vamos lá.

Ingredientes

1 colher de sopa de requeijão

2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado

3 colheres de sopa de goma de tapioca

1 ovo

sal a gosto

Modo de preparo

Comece batendo ovo em um recipiente, de modo com que clara e gema se misturem;

Em seguida, coloque todos os ingredientes e deixe o sal por último, a gosto. Misture bem;

Agora, ligue uma frigideira antiaderente e despeje todo líquido;

Quando a massa estiver douradinha de um lado, é hora de virar para dourar do outro.

Nesse instante, acrescente mais uma fatia de queijo para dar cremosidade e coloque o recheio de sua preferência.

Crepioca é lanche coringa

Essa receita de crepioca é tão versátil que pode combinar com várias ocasiões do seu dia a dia. Seja para o café da manhã, lanche da tarde e até mesmo uma janta leve.

O que você deve fazer é variar também nos recheios, que podem ser simples ou complexos. Em outras palavras, você decide se vai rechear com presunto e mussarela ou um peito de frango desfiado com ervas e tomate seco.

A importância de sair do comum

Não temos nada contra pão de forma ou pão francês, mas como o YOOMAG fala de estilo de vida, queremos lembrar você de que é possível e simples tomar escolhas melhores.

Só assim o seu estilo de vida se tornará mais saudável e você poderá trocar por alimentos com facilidade e sem dificuldade.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários estão fechados.