Supreme é comprada pela Vans

Supreme e Vans. Primeiramente a VF Corporation, uma das maiores empresas de vestuário e calçados do mundo,  anunciou nesta semana que está comprando a Supreme.

A empresa também é dona de outras gigantes como Vans, The North Face e Timberland. 

Supreme e Vans

Principalmente que a sabendo a Supreme é só mais uma das diversas aquisições.

Negócio bilionário

A marca é uma loja de streetwear, fundada em 1994 em Nova Iorque.

Seu foco principal é atender as culturas de skateboard, hip hop e cultura juvenil em geral.

O valor da venda para a VF Corporation foi de US$ 2,3 bilhões.

Do mesmo modo, essa compra acabou se tornando a maior da VF desde que ela adquiriu a Timberland, empresa de calçados voltados para atividades ao ar livre, em 2011, por US$ 2 bilhões.

Momento delicado para o setor

A Supreme fazia parte do grupo Carlyle Group, que é a detendora de 50% da streetwear, e a investidores, como a Goode Partners. 

Por outro lado, devemos lembrar que o momento atual é um dos mais delicados para o setor vestuário.

Durante a pandemia do Covid-19, o modo de consumo mudou.

Nesse meio tempo, os consumidores passaram a procurar outra forma de gastar dinheiro, aumentando a compra com comida, por exemplo.

Ações da VF sobem

Foi com o anúncio da compra que as ações da VF Corporation dispararam 8,3% nesta segunda-feira, 09/11.

Ao passo que isso acontece, a Supreme acaba se beneficiando da sua possível escalabilidade.

No entanto agora, mais do que nunca, sua presença internacional no mercado de vestuário vai crescer.

Ainda mais quando analisarmos que a VF tem outras marcas que se expandiram por estarem em ramos próximos de atividades. 

Por fim, a Supreme deve lucrar até o final da transação de compra algo em torno de US$ 300 milhões. Sendo ainda mais dinheiro para a marca.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.