App de alta performance faz sucesso nos EUA

  • Redação
  • por em 14 de fevereiro de 2021

App de alta performance faz sucesso nos EUA

Antes de tudo, o que você está fazendo para se exercitar durante a pandemia? Com as restrições impostas em nome da segurança sanitária, muitos espaços foram fechados para impedir as aglomerações. Com isso, as academias deixaram de receber as pessoas.

No entanto, os treinos devem continuar de maneira indoor ou em locais abertos e mais vazios de preferência. Nesse sentido, quem não pôde continuar com os exercícios fora de casa encontrou em meios digitais a oportunidade para manter a forma.

Seja como for, canais no YouTube, Instagram e os infalíveis apps foram a salvação. Dessa forma, uma novidade que deu o que falar foi o aplicativo Peloton, app de treinamento criado nos Estados Unidos.

Como o app funciona?

Primeiramente, o aplicativo é uma plataforma que pode ser acessado por meio do Android ou iOS, com app direcionado a Amazon Fire TV. Além disso, há sincronização voltada para o Apple Watch.

Inclusive, esta integração permite que a pessoa tenha acesso aos progressos obtidos durante os treinamentos e até aos batimentos cardíacos. Enfim, há uma variedade considerável em relação às compatibilidades a dispositivos permitidas pelo app.

Quais são as modalidades encontradas no Peloton?

A princípio, o aplicativo traz treinamentos de corrida e bike indoor como atrações principais. Porém, o Peloton caiu nas graças de quem também é adepto de meditação, yoga e mindfulness.

Aliás, outro diferencial encontrado no app é poder escolher que tipo de treinamento desempenhar de acordo com os objetivos e níveis desejados. Sem contar que a pessoa pode participar de desafios para se exercitar.

Dessa forma, o treino também ganha todo o aspecto daquelas aulas da academia, pois o Peloton tem a presença de professores/instrutores virtuais estimulando os exercícios.

Em relação aos equipamentos, o Peloton também comercializa bicicletas ergométricas e esteiras. Porém, os valores variam entre R$ 10 mil e R$ 25 mil.

A notícia pouco desanimadora é que o Peloton ainda não chegou ao Brasil. Já países como Estados Unidos, Alemanha, Canadá e Reino Unido contam com o app. 

App de alta performance faz sucesso nos EUA

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.