Brasil tem mais de 3.000 espécies de plantas e animais em extinção

Nossos animais e plantas estão cada vez mais ameaçados de extinção. Segundo os dados do IBGE. 

Em primeiro lugar, precisamos te explicar que o censo de 2014 divulgou que tínhamos 3.299 espécies de plantas e animais ameaçados de extinção àquela época.

Só que esse número representa 20% do total de casos hoje.

O estudo, que divulgou resultados no dia 05 de novembro, levou em consideração todos os tipos de espécies ameaçados nos biomas do nosso país.

Número dispara

No entanto só neste ano e no ano passado, fomos bombardeados de matérias sobre as queimadas na Amazônia e no Pantanal.

Este último, tendo perdido até 20% de todo seu bioma em menos de 4 meses. 

Não é à toa que a disparada dos números foi de 3 mil para 16 mil espécies avaliadas em extinção. E pelo que parece, esses número ainda pode estar notificado.

Ou seja, é bem provável que o número seja bem maior.  

Mata Atlântica preocupa

Dentre todos os biomas, a Mata Atlântica é que tem os maiores percentuais de espécies ameaçadas.

O estudo aponta que, considerando fauna e flora, o total de ameaças do bioma chega a de 1.989 espécies. Muita coisa.

Mas não é só a Mata Atlântica que é o único perturbador dessa conta.

A floresta amazônica, por exemplo, viu sua área de pasto para gado crescer mais de 70%, passando de 249 mil km² no início do século para 426 mil km² em dados de até 2018. 

E o mundo, como fica?

Por fim, a nível mundial os animais e plantas que são ameaçados de extinção já apontou quase 1 milhão de casos.

Essa quantidade representa uma ameaça devastadora para nosso futuro. Isso representa a ameaça do nosso ecossistema, e nossos filhos não verão boa parte dessas espécies.

Definitivamente, o que temos que fazer é cuidar ao máximo do meio ambiente do jeito que conseguimos.

Brasil tem mais de 3.000 espécies de plantas e animais em extinção

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.