Simone Willians: a dona do maior Black power do mundo

Simone Willians: a dona do maior Black power do mundo

Poder para o povo preto. O caminho ainda é longo, mas a resistência é uma marca ancestral do negro. Nesse contexto, Simone Willians surge poderosa. E olha que não há exageros nessa afirmação.

A moça é, simplesmente, dona do maior black power do mundo. Isso mesmo. O cabelo da Simone ganhou o título de maior do planeta. Mas chegar ao título não foi simples.

Qual o maior black power do mundo

Já faz nove anos que Simone tem se dedicado ao volume dos cabelos crespos. Recentemente, todo esse “volumão” ganhou destaque nas páginas do “Guinness”, como maior black feminino do mundo.

Você já ouviu falar dela? Então, a moça é uma estilista bem avaliada do Brooklyn. E o cabelo crespo de Simone chega a 20 centímetros de altura e quase 23 centímetros de largura. Só para ilustrar, o cabelo dela tem 122 centímetros no total e 24,4 de circunferência.

A coroa do poder preto

Segundo Simone, quando o cabelo está totalmente penteado, grande e volumoso, ela recebe muitos olhares. Além disso, muitos comentários e elogios.

Obviamente, nem todos os olhares são positivos. Contudo, ela opta em acreditar que são olhares positivos. “Há algumas pessoas que olham como se não tivessem ideia do que está acontecendo ou para o que estão olhando”.

Assim que soube que quebrou o recorde, ela postou um vídeo emocionada. Antes, o recorde estava com Aevin Dugas, também norte-americana.

O reconhecimento da beleza negra

Contudo, Simone deixa claro que não há nenhum produto mágico para o cabelo crescer. Ela faz hidratação profunda uma vez por semana.

Mas a aceitação dos fios naturais é recente. Faz nove anos que a estilista decidiu parar de alisar o cabelo. Assim, passou pela transição e conheceu os fios, que sempre dominou com alisamentos.

Hoje, depois do recorde mundial, Simone tem a sensação que não precisa mais esconder os cabelos. Dessa forma, ostenta o maior black do mundo. Além de uma beleza que encanta!

Simone Willians: a dona do maior Black power do mundo

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.