Dieta japonesa: a terapia da agua para emagrecer

Dieta japonesa: a terapia da agua para emagrecer

Falar de inovação sem citar os japoneses é uma tremenda falta de noção. E não falo isso baseado apenas nos processos tecnológicos que guiam a cultura mais evoluída do mundo. Inclusive, quanto a isso não há controvérsias

Até porque, a história mostra como, desde os primórdios, a sociedade do Japão caminhou rumo ao progresso instantâneo.

Confira mais receitas e dietas no nosso site: https://lifestyle.uai.com.br/saude/dieta-do-ovo-cozido-beneficios-para-uma-vida-saudavel/

No quesito saúde, por exemplo, esse cenário é indiscutível. Já que é praticamente unânime todo o processo de pertencimento do povo oriental e a busca por equilíbrio emocional.

Por isso, já faz tempo que a Terapia da Água Japonesa ganhou o respaldo de muita gente e resultados diretos na perda de peso.

Além de ajudar na diminuição da pressão arterial, problemas gástricos, melhora da diabetes, constipação, saúde da pele, bem como em uma total purificação de todo o corpo.

Como se sabe, o corpo humano é constituído por até 75% de água e quanto mais novo a pessoa é maior é esse percentual. Sendo que no caso de pessoas idosas esse número não ultrapassa 50%.

Carboidratos e proteínas

Por isso mesmo, a água é tão essencial para toda a saúde do organismo, já que regula a temperatura do corpo, contribui na metabolização de carboidratos e proteínas. Aliás, ela ainda libera toxinas, tem função cerebral e ajuda na deglutição de alimentos.

Confira mais receitas e dietas no nosso site: https://lifestyle.uai.com.br/saude/pao-de-aveia-e-canela-receita-low-carb/

Dieta japonesa

Na verdade o que não faltam são motivos conviventes para te ajudar a entender o tamanho da importância do consumo de água. Portanto, desse cenário, a terapia da água japonesa é muito simples.

Primeiramente, ao acordar, você deve tomar 640 ml de água – e você pode dividir como achar melhor -, que deve estar em temperatura ambiente ou morna.

Só escove os dentes depois de consumir essa quantidade de água. Espere 45 minutos para ingerir outro alimento ou bebida. Depois desse tempo, alimente-se e permaneça pelas duas horas seguintes sem comer ou beber nada.

Em seguida caso você não consiga beber toda a quantidade de água a princípio, pode ir aumentando aos poucos. Logo após, para acelerar o metabolismo, tente uma caminhada mesmo que seja leve, mastigue bem os alimentos e não beba líquidos durante a refeição.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments